segunda-feira, 9 de maio de 2016

A Senhora da Van

A Senhora da Van (The Lady in the Van, Inglaterra, 2015) – Nota 7
Direção – Nicholas Hytner
Elenco – Maggie Smith, Alex Jennings, Jim Broadbent, Frances de la Tour, Gwen Taylor, Roger Allam, Deborah Findlay.

Início dos anos setenta, bairro Camden em Londres. Uma excêntrica senhora conhecida como Miss Shepherd (Maggie Smith) vive em uma velha van estacionada em uma das ruas da região. Vista como maluca pela crianças e como um estorvo por alguns moradores do local, Miss Shepherd ignora a todos. 

A situação se altera quando o escritor e ator teatral Alan Bennett (Alex Jennings) se muda para uma casa na rua onde está a van da senhora. As duas pessoas extremamente diferentes entre si, aos poucos criam um inusitado laço de algo parecido com uma amizade e por quinze anos a van ficará estacionada ao lado da casa do ator. 

Baseado numa história real, que a princípio parece absurda, este longa de Nicholas Hytner (do ótimo “As Loucuras do Rei George”) explica aos poucos os detalhes por trás da escolha de Miss Shepherd em viver isolada. 

Mesmo com toques de comédia, as entrelinhas da história são tristes. O passado da protagonista envolve problemas familiares e religiosos, com este segundo tema sendo mostrado como um vilão na vida da personagem. 

A veterana atriz Maggie Smith é especialista em personagens ranzinzas que no fundo tem um bom coração e aqui não é diferente, ela dá um show de interpretação. A química com o eterno coadjuvante Alex Jennings é perfeita, que cria com perfeição o também excêntrico ator que tem o hábito de conversar com ele mesmo enquanto escreve suas peças. 

É um filme simples e simpático.

3 comentários:

Marília Tasso disse...

Apesar do filme pender pro lado cômico, a história é bem triste, Maggie Smith com seus 81 anos entrega uma personagem adorável mesmo com toda sua antipatia. Adorei o filme! Abraços!!

Liliane de Paula disse...

Como faço para assistir esse filme? Me diga, please.
Maggie Smith é sempre sensacional.

Ontem comecei a vê 2 boas séries na GloboSat.
Broadchurch-série policial
E uma série médica com Alfredo Molina

Hugo disse...

Marília - É isso mesmo, o humor dá um alivio a uma história triste.

Liliane - Este filme estava em cartaz no cinema há pouco tempo, não sei se ele chegou passar nos cinemas de sua cidade.

Esta série Broadchurch parece ser interessante. Eu acompanhei na GloboSat outra série inglesa chamada "The Missing".

Abraço