sábado, 23 de abril de 2016

O Céu de Outubro

O Céu de Outubro (October Sky, EUA, 1999) – Nota 8
Direção – Joe Johnston
Elenco – Jake Gyllenhaal, Chris Cooper, Laura Dern, Chris Owen, William Lee Scott, Chad Lindberg, Natalie Canerday, Elya Baskin, Chris Ellis, Scott Thomas, Randy Stripling.

Em outubro de 1957, a União Soviética lançou o foguete Sputnik, o primeiro satélite artificial criado na Terra. O fato despertou a inveja do governo americano, que a partir daí transformou em prioridade o seu programa espacial. 

O Sputnik também fascinou o adolescente Homer Hickam (Jack Gillenhaal), que vivia em uma pequena cidade onde o ocupação principal era a exploração de uma mina de carvão. Contrariando seu pai (Chris Cooper), que era supervisor da mina e que desejava ver o filho seguindo sua mesma carreira, Homer se juntou a três amigos e apoiados por uma professora (Laura Dern) decidiram criar um foguete para disputar a Feira de Ciências Estadual e assim tentar conseguir uma bolsa de estudos de uma universidade. 

Baseado numa inusitada história real, este longa é uma daquelas obras que se tornam exemplos de luta por um sonho. Longe de ser fantasioso, o roteiro é sóbrio ao descrever a dificuldade dos garotos em montar o foguete, além dos problemas pessoais de cada um, que a princípio estavam fadados a desperdiçar a vida dentro de uma insalubre mina de carvão. 

O filme ganha pontos nos créditos finais, quando vemos imagens reais dos jovens durante a época em que criaram o foguete. 

É um filme quase esquecido que merece ser relembrado ou descoberto. 

4 comentários:

cleber eldridge disse...

Um dos primeiros do Jake, né? Eu ainda não conferi.

FILME FALADO
filmefalado.wordpress.com

Liliane de Paula disse...

Deve ser lindo esse filme.
E Jake Gylhenhaal (filho de diretores e roteiristas) é um grande ator, acho sempre.

Assisti ontem(tinha gravado)Teia de Mentiras).
Fiquei chocada.
Muito bom.

Amanda Aouad disse...

É sempre bom mesmo resgatar filmes que ficam esquecidos na memória, esse é um deles, preciso rever.

bjs

Hugo disse...

Cleber - Sim, ao lado de "Donnie Darko", foram os primeiros trabalhos do ator que chamaram a atenção.

Liliane - É um ótimo filme.

Amanda - É um dos vários filmes antigos que estou assistindo, daqueles que deixei passar na época do lançamento.

Abraço