terça-feira, 19 de janeiro de 2016

O Regresso

O Regresso (The Revenant, EUA, 2015) – Nota 8,5
Direção – Alejando Gonzalez Iñarritu
Elenco – Leonardo DiCaprio, Tom Hardy, Domhnall Gleeson, Will Poulter, Paul Anderson, Kristoffer Jones, Lukas Haas, Brendan Fletcher.

Século XIX, região do Rio Missouri durante o inverno. Um grupo de homens está acampado à beira do rio, retirando as peles dos animais que eles mesmos caçaram e que levarão para serem vendidas na cidade. 

Um inesperado e violento ataque indígena resulta na morte da maioria dos homens. Os poucos sobreviventes fogem em um barco liderados pelo capitão Henry (Domhnall Gleeson). Um pouco mais à frente, o rastreador Hugh Glass (Leonardo DiCaprio) avisa que o ideal seria o grupo abandonar o barco e seguir pelas montanhas. Mesmo sendo um longo caminho, a chance de escapar dos índios é maior. O capitão confia plenamente em Glass e aceita a ideia, enquanto isso, alguns homens são contra a decisão, principalmente o sinistro Fitzgerald (Tom Hardy). 

A brutalidade da vida no oeste americano durante a colonização é retratada de forma crua neste novo trabalho do mexicano Iñarritu. Esqueçam os westerns tradicionais, aqui o foco é na luta pela vida, tanto contra os perigos da natureza inóspita, como o conflito com os índios. Nos dois casos, o homem branco é o intruso que invadiu as terras indígenas e que explorou a natureza, sendo obrigado a enfrentar as consequências. 

A narrativa aparentemente lenta é comum nos trabalhos de Iñarritu, que aqui tem a seu favor as belas paisagens naturais que são exploradas em longas sequências através da obstinação do personagem de DiCaprio, que por sinal tem outra grande interpretação, desta vez com a ajuda do ótimo Tom Hardy. A cada novo trabalho, o ator inglês confirma seu talento através da força de seus personagens. 

Pode ser um filme cansativo para alguns, mas para quem conhece e gosta do estilo de Iñarritu, este é mais belo trabalho a ser apreciado.

5 comentários:

Pedrita disse...

quero muito ver. beijos, pedrita

Hugo disse...

Pedrita - É um filme com personagens fortes.

Bjos

Gustavo H. Razera disse...

Sou um dos que acharam cansativo... Mas não ruim. A parte técnica merece respeito.

Cumps.

Hugo disse...

Gustavo - Os filmes de Iñarritu são longos e com partes mais com lentas. É o estilo do diretor.

Abraço

Pedrita disse...

é incrível o filme. é inspirado em fatos reais e foi colocado em um livro. hugo glass era realmente um dos únicos que conhecia muito bem a região. quero muito ler o livro agora. eu amo esse diretor, entre os meus preferidos. esse filme é maravilhoso. beijos, pedrita