sábado, 8 de agosto de 2015

Questão de Tempo

Questão de Tempo (About Time, Inglaterra, 2013) – Nota 7,5
Direção – Richard Curtis
Elenco – Domhanll Gleeson, Rachel McAdams, Bill Nighy, Lydia Wilson, Lindsay Duncan, Richard Cordery, Joshua McGuire, Tom Hollander, Margot Robbie, Will Merrick, Vanessa Kirby.

Na véspera de ir para a universidade em Londres, Tim (Domhnall Gleeson) se assusta com uma revelação feita pelo pai (Bill Nighy). Tim descobre que todos os homens da família tem o poder de viajar para o passado. Pessoa alguma sabe do segredo, nem mesmo sua mãe (Lindsay Duncan). 

A partir daquele dia, sempre que faz alguma coisa que dá errado, Tim começa a utilizar o poder para voltar no tempo e corrigir o erro. Quando Tim conhece a bela Mary (Rachel McAdams), tem certeza que é a mulher de sua vida. Ele decide se aproveitar do dom para fazer o relacionamento dar certo. 

O diretor e roteirista Richard Curtis utiliza como premissa a viagem no tempo, para criar uma história de amor universal, tanto o amor entre em casal, como o fraternal e entre pai e filho. 

Esqueça os filmes em que o protagonista volta ao passado para ganhar dinheiro, matar um inimigo ou salvar a vida de alguém, aqui o foco é corrigir pequenos erros. A única sequência em que o protagonista tenta mudar algo mais complexo, o resultado é assustador. 

A simpatia do casal principal, com a simplicidade de Domhnall Gleeson e a beleza de Rachel McAdams, junto com a sensível interpretação do veterano Bill Nighy, são outros pontos altos deste competente filme sobre o amor. 

4 comentários:

Ana Leonilia disse...

Eu estava em dúvida se assistiria esse filme ou não.
Gosto de histórias românticas, mas achei que essa fosse mais uma do tipo "água com açúcar" que a Rachel McAdams costuma fazer. Lembrei até daquele outro filme dela baseado no livro "A Mulher do Viajante no Tempo".

Sua resenha me animou. Quando passar novamente na TV vou dar uma conferida. Parece ser diferente. :)

Bjs ;)

Hugo disse...

Ana - Este outro filme que vc citou eu não assisti para comparar. Gostei deste "Questão de Tempo". Tem uma história simpática misturada com fantasia sem apelar para exageros.

Bjos

Amanda Aouad disse...

É muito bem feito mesmo, daqueles filmes que gostamos de acompanhar, até as passagens de tempo são bastante fluídas. Gosto bastante.

bjs

Hugo disse...

Amanda - Sem dúvida, é um filme simpático.

Bjos