quinta-feira, 26 de março de 2015

A Fuga de Mr. Moto

A Fuga de Mr. Moto (Misterious Mr. Moto, EUA, 1938) – Nota 6,5
Direção – Norman Foster
Elenco – Peter Lorre, Mary Maguire, Henry Wilcoxon, Erik Rhodes, Harold Huber, Leon Ames.

Entre 1937 e 1939, o ator Peter Lorre (“M, O Vampiro de Dusseldorf”, “Muralhas do Pavor”) protagonizou oito filmes interpretando o agente secreto Mr. Moto, um japonês que trabalha para uma certa “polícia internacional” investigando crimes. Seis destes filmes foram dirigidos por Norman Foster. 

Este filme começa com Mr. Moto disfarçado de presidiário fugindo da temida prisão da Ilha do Diabo na Guiana junto com o famoso assassino francês Brissac (Leon Ames). A dupla consegue fugir pela floresta, depois pelo rio utilizando um barco e por final embarcam em um navio de volta para Europa. 

Em Londres, Mr. Moto mantém seu disfarce e aceita trabalhar para Brissac como mordomo, com o objetivo de desbaratar a “liga de assassinos”, organização a qual o francês pertence e principalmente descobrir quem é o líder da quadrilha. 

A trama é interessante, mesmo com um final um pouco apressado (são pouco mais de uma hora de duração), a narrativa é ágil, as cenas de ação são bem filmadas considerando a época e ver o pequenino Peter Lorre saindo na porrada e derrubando bandidos maiores do que ele é imperdível. 

Ainda não tive chance de assistir os demais filmes com o personagem, mas fiquei extremamente curioso.

Nenhum comentário: