domingo, 16 de novembro de 2014

Apagar Histórico

Apagar Histórico (Clear History, EUA, 2013) – Nota 6,5
Direção – Greg Mottola
Elenco – Larry David, Jon Hamm, Kate Hudson, Danny McBride, Michael Keaton, Bill Hader, Eva Mendes, Amy Ryan, J. B. Smoove, Philip Baker Hall, Liev Schreiber.

Califórnia, 2003, Nathan Flomm (Larry David) é o responsável pelo marketing de uma montadora que está prestes a lançar um carro elétrico revolucionário. Quando o dono da empresa, Will Haney (Jon Hamm), apresenta o novo carro e informa que o nome veículo será Howard, Nathan considera um absurdo a decisão. Ele entra em conflito com Will e decide vender sua parte das ações da empresa. Ao perceber a besteira que fez, Nathan tenta desfazer o negócio, mas acaba ignorado por Will. Não demora para o carro se tornar sucesso e Nathan motivo de piada, por ter perdido uma fortuna de dinheiro. Sem emprego e abandonado pela esposa, Nathan abandona a cidade. 

Dez anos depois, Nathan está vivendo em Martha’s Vineyard, utilizando o nome de Rolly e com muitos amigos que não sabem do seu passado. A tranquilidade de Rolly desmorona quando Will compra um velhão casarão na região e decide transformar uma mansão para viver com sua bela esposa (Kate Hudson). Para tentar esconder seu segredo, Rolly se junta a dois malucos (Michael Keaton e Bill Hader) para destruir a mansão, sendo que um deles está revoltado por ter perdido a propriedade que pertencia a sua família, local onde hoje está a mansão de Will.

O estilo do comediante Larry David é fazer o espectador rir de situações constrangedoras, geralmente por conta de mal entendidos resultantes de mentiras ou verdades que não deveriam ser contadas. Para quem não sabe, Larry David foi o parceiro de Jerry Seinfeld na aclamada sitcom “Seinfeld” e criou o personagem George (interpretado por Jason Alexander) como seu alter ego. 

Ao final da série, David decidiu enfrentar a frente das câmeras com a série “Curb Your Entusiasm”, onde durante oito temporadas interpretou a si mesmo, sempre se metendo em conflitos e discussões por conta de seu temperamento complicado e sua mania de dizer sempre o que vem a cabeça. 

Este estilo foi aproveitado por Woody Allen no mediano “Tudo Pode Dar Certo” e agora neste “Apagar Histórico”, que também é mediano, mas pelo menos apresenta coadjuvantes engraçados. A dupla de malucos interpretados por Michael Keaton e Bill Hader, o agitado J. B. Smoove, o traficante de armas checheno de Liev Schreiber e a bela Eva Mendes como a ex-gordinha são os destaques, além da pequena participação da clássica banda pop Chicago. 

2 comentários:

Blog do Neófito [-] disse...

Opa. Parece bom!

Hugo disse...

Neófito - Vale algumas risadas pelo constrangimento do personagem principal.

Abraço