segunda-feira, 21 de julho de 2014

Maverick

Maverick (Maverick, EUA, 1994) – Nota 7,5
Direção – Richard Donner
Elenco – Mel Gibson, Jodie Foster, James Garner, Graham Greene, James Coburn, Alfred Molina, Geoffrey Lewis, Danny Glover, Max Perlich, Paul L. Smith, Dan Hedaya, Denver Pyle, Art La Fleur, Dub Taylor.

Neste final de semana o cinema perdeu o veterano astro James Garner, que teve o auge da carreira nos anos sessenta e setenta, quando trabalhou em clássicos como “Fugindo do Inferno” e “Grand Prix”, mas para muitos ele será lembrado como o jogador de pôquer Brett Maverick, papel principal do seriado “Maverick” que foi ao ar de 1957 a 1962 e que inspirou esta versão para o cinema. O seriado misturava bem aventura e comédia, um pouco diferente do longa que é pura comédia, daquelas onde todos os personagens são picaretas tentando enganar uns aos outros do início ao fim. 

O longa começa com uma cena em que Maverick (interpretado por Mel Gibson) está prestes a ser enforcado por um grupo de bandidos (o líder é Alfred Molina), quando começa a falar que sua semana foi complicada. Esta sequência é claramente inspirada nos filmes de Sergio Leone, lembrando muito "Três Homens em Conflito", que tinha algumas cenas de enforcamentos que na realidade eram um golpe dado pelo personagem de Clint Eastwood para ganhar dinheiro com a recompensa do condenado, a quem ele salvava com um tiro certeiro na corda. 

A partir daí a trama volta uma semana e mostra Maverick chegando numa pequena cidade com o objetivo de arrecadar dinheiro para participar de um famoso torneio de pôquer em um barco. Na cidade, ele cruza o caminho da bela Annabelle (Jodie Foster), que parece uma dama, mas na realidade é uma picareta que tenta lhe roubar a carteira. 

Daí até o torneio no barco, acontecem várias peripécias com o aparecimento do xerife Cooper (James Garner), um hilário bando de índios (o líder é Graham Greene de “Dança com Lobos”), um arquiduque russo (Paul L. Smith), além de diversos jogadores trambiqueiros. 

O astro Mel Gibson e o diretor Richard Donner trabalharam juntos em seis filmes, sendo quatro da série “Máquina Mortífera”, o suspense policial “Teoria da Conspiração” e este ótimo “Maverick”, que resultou em um merecido sucesso de bilheteria. 

Vale lembrar que Donner deu pequenos papéis a atores marcados pelo gênero western, como Dub Taylor, Denver Pyle e o astro James Coburn, sem contar a rápida participação de Danny Glover como um assaltante de banco.

Hoje aposentado, o diretor Richard Donner fez uma bela carreira com vários longas comerciais de qualidade, tendo trabalhado primeiro em seriados de tv durante os anos sessenta e setenta, até sua ótima estreia no cinema com o clássico “A Profecia” em 1976. 

2 comentários:

Emerson disse...

Esse ainda não tenho aqui na coleção, mas em breve comprarei. Lembro de assistir esse filme com meu pai quando era mais novo e dar muita risada. Hoje em dia o filme continua tirando alguns risos...

Abraço!!!

Hugo disse...

Emerson - É uma comédia divertida que acerta no tom das piadas e na química entre o trio principal.

Abraço