segunda-feira, 9 de junho de 2014

Yol - O Caminho

Yol – O Caminho (Yol, Turquia / Suiça / França, 1982) – Nota 8
Direção – Serif Goren & Yilmaz Guney
Elenco – Tarik Akan, Halil Ergun, Necmettin Çobanoglu, Meral Orhonsay, Serif Sezer.

Numa prisão de segurança mínima na Turquia, vários detentos conseguem uma espécie de liberdade provisória. Eles tem uma semana para visitar a família e depois precisam retornar para cumprir o resto da pena. A câmera segue três destes detentos. 

Seyit (Tarik Akan) viaja de trem para encontrar a esposa e os filhos. O problema é que ele descobre que foi traído e a própria família da esposa deseja que a mulher seja punida. Mehmet (Halil Ergun) também deseja visitar esposa e filhos, porém a família de sua mulher o culpa pela morte de um cunhado durante um assalto e deseja vingança. O terceiro sujeito é Omer (Necmettin Çobanoglu), um turco de origem curda que viaja até a vila onde nasceu e descobre que seu povo está sendo perseguido pelo exército turco. 

Este ótimo e praticamente esquecido drama sobre a opressão na Turquia é baseado nas memórias do diretor Yilmaz Guney, que durante os anos setenta ficou alguns anos preso por criticar o governo. Inclusive o longa foi filmado por seu amigo Serif Goren enquanto Guney estava preso. Ele fugiu da prisão de 1981 e foi morar em Paris onde conseguiu finalizar o longa que foi apresentado e elogiado no Festival de Cannes de 1982. 

O roteiro faz uma critica a sociedade turca da época, mostrando a opressão do governo turco através do exército que tratava todos como suspeitos e caçava aqueles que eram considerados inimigos, a extrema pobreza em que viviam os moradores das pequenas cidades e os preconceitos da própria população, principalmente contra a mulher. 

Algumas sequências são fortes, como as cenas com choros de crianças, o olhar perdido de vários personagens perplexos perante a falta de perspectiva, a tentativa de linchamento no trem e a caminhada no meio do gelo. 

É um grande filme que infelizmente poucos cinéfilos assistiram.

Nenhum comentário: