sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Conexão Perigosa

Conexão Perigosa (Paranoia, EUA / França, 2013) – Nota 5,5
Direção – Robert Luketic
Elenco – Liam Hemsworth, Harrison Ford, Gary Oldman, Amber Heard, Lucas Till, Embeth Davidtz, Julian McMahon, Josh Holloway, Richard Dreyfuss, Angela Sarafyan.

Após alguns anos trabalhando em uma corporação do ramo das telecomunicações, o ambicioso Adam Cassidy (Liam Hemsworth) tem a chance de apresentar um projeto ao dono da empresa, Nicolas Wyatt (Gary Oldman). Desprezado pelo sujeito, Adam e quatro colegas perdem o emprego. Para piorar, uma determinada atitude de Adam o deixa nas mãos de Wyatt. 

O empresário oferece um grande valor para Adam se infiltrar na empresa de Jock Goddard (Harrison Ford), concorrente e inimigo de Wyatt que prepara o lançamento de um smartphone que irá revolucionar o mercado. Cheio de dívidas, sem emprego e ainda precisando cuidar do pai doente (Richard Dreyfus), Adam aceita a proposta mesmo sabendo que as consequências podem não ser da melhores. 

Um emaranhado de clichês é a definição para este longa que tenta se mostrar moderno ao utilizar tecnologia de ponta em meio a trama, mas que no fundo apenas recicla a história do jovem ambicioso manipulado por veteranos poderosos. 

O que um diretor talentoso como Oliver Stone conseguiu dar de credibilidade aos seus dois “Wall Street”, aqui a direção acadêmica de Luketic faz o filme todo soar falso, inclusive as interpretações de Harrison Ford e Gary Oldman. O jovem Liam Hemsworth (irmão de Chris, o protagonista de “Thor”) é fraco, assim como a bela Amber Heard, personagem com quem ele se envolve após uma coincidência absurda. 

Infelizmente o filme decepciona. 

Nenhum comentário: