domingo, 14 de julho de 2013

Loose Change 9/11

Loose Change 9/11 (Loose Change 9/11, EUA, 2007) – Nota 7
Direção – Dylan Avery
Documentário

Este documentário lançado direto na internet primeiramente em 2005 e numa nova versão em 2007, tenta provar que os atentados de 11 de Setembro na realidade foram uma armação do governo Bush para conseguir uma espécie de cheque em branco do povo americano e dos congressistas para ampliar seu poder e ter apoio nas invasões do Afeganistão e do Iraque, visando também o lucro das grandes corporações ligadas ao governo. 

O diretor Dylan Avery e os produtores Jason Bermas e Korey Rowey se apoiaram em imagens, fotos e depoimentos de pessoas que testemunham a queda das torres gêmeas, assim como o atentado no Pentágono e a queda do vôo 93 na Pensilvânia para tentarem provar sua teoria. 

Alguns fatos mostrados aqui são duvidosos, como a ideia de que existiria uma milionária reserva de ouro nos subsolos do Word Trade Center, citar que as ligações feitas pelos passageiros do voo 93 foram forjadas e que a gravação em que supostamente Bin Laden confessaria ser o mandante dos ataques, na realidade seria um filme fabricado pelo governo utilizando um sósia, porém os questionamentos sobre os locais dos atentados são plausíveis. 

Os produtores e vários especialistas citam que seria praticamente impossível um edifício gigante como o World Trade Center desabar por causa do fogo, fato que foi considerado a causa oficial da queda, já que os aviões atingiram um andar alto e isso não causaria o colapso de toda a estrutura. Muitos sobreviventes, inclusive bombeiros alegaram terem ouvido várias explosões em andares diferentes, até mesmo no subsolo e no poço dos elevadores. 

O documentário coloca em dúvida ainda a queda de um terceiro prédio algumas horas depois, local que não foi atingido durante o ataque, porém desabou da mesma forma. O fato estranho é que um sujeito poderoso havia comprado este terceiro edifício dois meses antes e feito um seguro milionário, inclusive contra ação terrorista, numa espécie de premonição da tragédia. 

O doc cita ainda a falta de destroços e de corpos das vítimas no voo 93 e no avião que atingiu o Pentágono, se apoiando em fotos e filmagens que parecem dar razão a esta maluca teoria de conspiração. 

A falta de transparência do governo americano, assim como o apoio da grande mídia que fez todo o possível para forçar o povo a acreditar na versão oficial, resultaram no surgimento de teorias de conspiração e fez com que várias situações retratadas aqui possam ser verdades, mesmo que pareçam absurdas.

5 comentários:

renatocinema disse...

Um professor da faculdade nos pediu para assistirmos esse filme. ainda não consegui cópia.


abs

Suzane Weck disse...

Ola caro amigo,sabes fiquei até surpresa diante de todo o relato.Até então só tinha conhecimento de poucos indícios á respeito do que poderia realmente ter acontecido.Mas não dei muita importância ao fato pois pareceu-me um verdadeiro absurdo.Não tinhas notado ainda "minhas cantorias"?Excelente postagem a tua.Grande abraço.SU

Hugo disse...

Renato - O filme está disponível no Youtube.

Suzane - Eu não tinha prestado atenção e ontem descobri seu talento.

Abraço

Mariano Soltys disse...

preciso ver esse amigo. e obrigado por colocar o link de meu humilde site.. abraço

Hugo disse...

Mariano - É um doc que tenta provar uma teoria de conspiração através de imagens e deixa uma dúvida na cabeça do espectador.

Abraço