sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Mutação & A Relíquia


Mutação (Mimic, EUA, 1997) – Nota 7
Direção – Guillermo Del Toro
Elenco – Mira Sorvino, Jeremy Northam, Josh Brolin, Giancarlo Gianinni, Alexander Goodwin, Charles S. Dutton, F. Murray Abraham, Norman Reedus.

Quando uma doença disseminada por baratas mata diversas crianças em Nova York, os cientistas Susan Tyler (Mira Sorvino) e Peter Mann (Jeremy Northam) após muitas experiências conseguem desenvolver um novo tipo de barata que colocada em contato com os insetos normais os matam. Após três anos, a doença está controlada, porém as baratas criadas em laboratorio continuam a se desenvolver sozinhas, gerando insetos mutantes gigantes que começam a devorar humanos. Susan e um grupo de pessoas resolvem descer nos subterrâneos da cidade para localizar e destruir a ameaça. 

Esta ficção com roteiro de filme B foi a estreia do mexicano Guillermo Del Toro em Hollywood e ele não decepciona. Mesmo sem grande preocupação com interpretações, o filme se sustenta pelas violentas cenas de ação e o clima de suspense criado pelos cenários sujos dos esgotos de Nova York, além das assustadoras criaturas. 

É o típico filme de terror sem pretensões, que diverte os fãs do gênero. 

A Relíquia (The Relic, EUA, 1997) – Nota 6
Direção – Peter Hyams
Elenco – Penelope Ann Miller, Tom Sizemore, Linda Hunt, James Whitmore, Clayton Rohner.

Uma peça antiga encontrada na selva é enviada para o Museu de Nova York, porém ela traz consigo um perigoso vírus. Quando ocorre uma misteriosa morte no local, o detetive Vincent D’Agosta (Tom Sizemore) se torna o responsável pela investigação e logo entra em conflito com a pesquisadora Margo Green (Penelope Ann Miller). Outras mortes ocorrem e mesmo assim os responsáveis pelo museu decidem manter uma festa de reinauguração no local, situação que poderá se transformar em tragédia. 

Com uma trama simples e uma dupla de protagonistas sem muito carisma, o veterano diretor Peter Hyams tenta prender a atenção do espectador utilizando o cenário do museu como suspense, tendo apoio de bons efeitos especiais criados pelo falecido mestre Stan Winston. 

O resultado é uma diversão apenas razoável.

7 comentários:

J. BRUNO disse...

Ainda não assisti a nenhum dos dois Hugo, "Mutação" me pareceu bastante interessante, principalmente por você ter dito que não se trata de um filme pretensioso...

http://sublimeirrealidade.blogspot.com.br/2012/12/007-cassino-royale-quantum-of-solace.html

Bússola do Terror disse...

Eu vi os 2 há alguns anos (ainda VHS). E gostei dos 2.
Com certeza valem a pena ser vistos pelos fãs de terror e aventura, porque ambos têm cenas de ação interessantes.

Hugo disse...

J. Bruno - Mutação é melhor principalmente pela direção de Del Toro.

Bússola - São filmes divertidos para quem gosta do gênero.

Abraço

Marcelo keiser disse...

Lembro de ter assistido os dois (em VHS ainda), porém não tenho boas lembranças desses filmes. Apesar que o gênero terror/sci-fi com ares de cinema B nunca me fascinaram mesmo! Não sei porque, mas quando olhei o post sobre o filme "A Reliquia", me veio a lembrança do filme "Alone in the Dark" baseado no jogo. Sei lá porque!

abraço

Hugo disse...

Marcelo - Gosto de terror/ficção B. Mesmo filme irregulares como estes que citei, acabam divertindo.

Abraço

Marcelo Leite disse...

A Mutação foi um dos filmes mais divertidos dos anos 90, melhor fase da Mira Sorvino!

Hugo disse...

Marcelo - Por sinal, Mira Sorvino anda sumida.

Abraço