quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Aliens, o Resgate

Aliens, o Resgate (Aliens, EUA, 1986) – Nota 10
Direção - James Cameron
Elenco – Sigourney Weaver, Michael Biehn, Carrie Henn, Paul Reiser, Lance Henriksen, Bill Paxton, Jennete Goldstein, Mark Rolston, Daniel Kash, William Hope.

Após quase sessenta anos hibernando em uma cápsula no espaço, Ellen Ripley (Sigourney Weaver) é resgatada por uma nave e descobre que o estranho planeta onde ela e seus companheiros da nave Nostromo foram atacados, foi colonizado. A nave que a resgatou leva um grupo de fuzileiros e tem como missão descobrir o que ocorreu no planeta, em virtude da Terra ter perdido o sinal com os colonizadores. Mesmo com Ripley alertando que voltar para aquele local é suicídio, um burocrata (Paul Reiser) que viaja como representante da corporação que colonizou o planeta decide continuar a expedição.

Se o clássico de Ridley Scott era claustrofóbico ao extremo, esta sequência comandada por James Cameron é sensacional como filme de ação. Aqui os aliens criados pelo falecido mestre dos efeitos especiais Stan Winston, estão ainda mais perigosos, surgem em várias formas e em diversas sequências até o clímax da luta dentro da espaçonave entre Ripley e a rainha-mãe dos aliens. 

O longa é valorizado ainda pelo bom roteiro do próprio Cameron em parceria com David Giler e o diretor Walter Hill (“Warriors”, “Inferno Vermelho”), que cria uma sequência totalmente verossímil, inclusive adicionando novos fatos como a questão da filha de Ripley e a relação que ela cria com a menina Newt (Carrie Henn), única sobrevivente do planeta colonizado. 

Outro acerto foi transformar a personagem Ripley em heroína, com Sigourney Weaver tendo um ótima interpretação, tanto na parte dramática como nas sequências de ação. Sua atuação valeu uma merecida indicação ao Oscar. 

O resultado é um dos melhores filmes dos anos oitenta e o meu preferido de toda a série.

8 comentários:

Thomás R. Boeira disse...

Excelente filme! Acho tão bom quanto o primeiro. E Sigourney Weaver como Ripley é sensacional.

Abraço,
Thomás
http://brazilianmovieguy.blogspot.com.br/

Bússola do Terror disse...

Acho que os melhores filmes da série foram o 1º e esse, embora tenham quase seguido estilos diferentes: o 1º se prendeu mais ao terror e ao suspense; esse aqui ficou mais no clima de aventura.

Maxwell Soares disse...

Muito bom, Hugo. Esse, ainda, não vi. Lembro-me de ter visto a um bom tempo algo parecido. No entanto como não sou muito fã desse gênero fica, aqui, minhas desculpas. Tentarei, em breve, sanar minhas faltas. Um abraço...

Amanda Aouad disse...

Engraçado é que é o único da série que acabei não vendo... Vou conferir...

bjs

O Narrador Subjectivo disse...

Prefiro o 1º, mas é sem dúvida um grande filme, com efeitos especiais revolucionários, na altura. Como seria de esperar com James Cameron, mais acção, menos suspense.

Hugo disse...

Thomás e Bússola - Os dois primeiros são os melhores, mas considero este de Cameron o meu favorito.

Maxwell - O gênero ficção com terror não agrada a todos, isso é normal.

Amanda - Deixou o melhor para o final.

Narrador - Os efeitos são fantásticos.

Abraço a todos

Az disse...

Taí um filme que eu não lembro se vi ou não, mas que tô com muita vontade de (re)ver!

Hugo disse...

Az - Este filme vale ser visto mais de uma vez.

Abraço