terça-feira, 5 de junho de 2012

Pela Vida de um Amigo & A Viagem


Pela Vida de um Amigo (Return to Paradise, EUA, 1998) – Nota 7,5
Direção – Joseph Ruben
Elenco – Vince Vaughn, Anne Heche, Joaquin Phoenix, David Conrad, Jada Pinkett Smith, Raymond J. Barry, Vera Farmiga, Joel de La Fuente, Ming Lee, David Zayas.

Três amigos passam o verão nas praias das Malásia. Lewis (Joaquin Phoenix), John o “Xerife” (Vince Vaughn) e Tony (David Conrad) aproveitam de tudo, mulheres, bebidas e drogas. No momento de retornar, Lewis decide ficar com o objetivo de conhecer Bornéu. Os outros dois amigos voltam e deixam Lewis em sua aventura. 

Dois anos se passaram e num certo dia a advogada Beth McBride (Anne Heche) procura John dizendo que Lewis foi preso como traficante e que se pelo menos um dos amigos não retornar a Malásia para dividir a culpa e cumprir uma pena de seis anos, Lewis será enforcado. John que trabalha como motorista de limousine fica completamente perdido e se sente culpado por ter deixado uma quantidade mínima de haxixe com o amigo. Enquanto isso, David que está noivo e tem um bom emprego, descarta rapidamente a ideia de voltar ao local. 

O dilema de John em voltar ou não é o ponto principal deste drama que coloca em discussão a pergunta: “Você sacrificaria parte de sua vida por um amigo?”. A delicada situação faz o espectador pensar, principalmente entendendo o mundo cada vez mais individual em que vivemos, onde uma amizade geralmente acaba quando é posta a prova. O elenco cumpre bem seu papel, inclusive Vince Vaughn tem uma boa interpretação, numa época em que ainda não tinha abraçado as comédias.

A Viagem (Brokedown Palace, EUA,1999) – Nota 7
Direção – Jonathan Kaplan
Elenco – Claire Danes, Kate Beckinsale, Bill Pullman, Jacqueline Kim, Lou Diamond Phillips, Daniel Lapaine, Tom Amandes, John Doe, Aimee Graham.

Alice (Claire Danes) e Darlene (Kate Beckinsale) são amigas desde a infância e antes da segunda partir para a universidade, elas decidem fazer uma viagem para Tailândia. Após alguns dias hospedadas num quarto simples, Alice resolve levar a amiga para passar o dia em um hotel cinco estrelas e tentar sair sem pagar. Elas são descobertas, mas acabam salvas pelo simpático australiano Nick (Daniel Lapaine), que as convence a fazer uma viagem de dois dias para Hong Kong, porém no aeroporto as amigas terminam presas como traficantes. É o início de uma terrível batalha jurídica e psicológica para tentar provar a inocência. 

Este correto drama utiliza a história das chamadas “mulas” que arriscam a vida para transportar drogas, inclusive dos casos onde algumas pessoas são usadas como iscas para que um montante maior de drogas passe pela alfândega sem problemas. 

O roteiro aproveita bem a Tailândia, país famoso pela produção de drogas e também pelas pesadas leis contra traficantes. Além da dupla principal que não compromete, o destaque é a participação de Bill Pullman como um esperto advogado especialista nas leis tailandesas.  

3 comentários:

Gilberto Carlos disse...

Dois bons filmes que acabaram passando quase em branco e hoje poucos se lembram deles.

Hugo disse...

Gilberto - São muitos filmes que acabam caindo no esquecimento.

Abraço

366filmesdeaz disse...

Pela vida de um Amigo tem um argumento e tanto. Faz a gente se colocar na pele dos personagens e refletir sobre o que faríamos. No entanto, por mais que a gente se coloque ou reflita, não dá para chegar nem perto do que aconteceria na realidade.
Um grande filme. Parabnes!
abraço