segunda-feira, 7 de maio de 2012

X-Men: Primeira Classe

X-Men: Primeira Classe (X-Men: First Class, EUA, EUA, 2011) – Nota 8
Direção – Matthew Vaughn
Elenco – James McAvoy, Michael Fassbender, Kevin Bacon, Rose Byrne, Jennifer Lawrence, Oliver Platt, January Jones, Nicholas Hoult, Jason Flemyng, Alex Gonzalez, Zoe Isabella Kravitz, Caleb Landry Jones, Lucas Till, Edi Gateghi, Glenn Morshower, Matt Craven, James Remar, Rade Sherbedgia, Ray Wise, Oleg Krupa, Michael Ironside, Jason Beghe, Hugh Jackman.

Este prequel da série X-Men mostra rapidamente fatos importantes infância do Professor Charles Xavier (James McAvoy) e de Magneto (Michael Fassbender) durante os anos quarenta, para em seguida pular para 1962, quando a vida destes personagens se cruzará. 

Enquanto o Professor Xavier teve uma vida tranquila em uma família rica, Magneto passou sua infância em um campo de concentração, viu sua mãe ser assassinada pelo nazista Sebastian Shaw (Kevin Bacon) e ainda foi utilizado como cobaia pelo sujeito, em virtude de seus poderes. Estas situações moldaram o caráter da dupla, que mesmo sendo pessoas bem diferentes, a princípio precisam se unir para lutar com o próprio Shaw, que utilizando outros mutantes, pretende deflagar a Terceira Guerra Mundial. 

O interessante roteiro acerta ao misturar a história dos mutantes criados brilhantemente por Stan Lee, com o medo de uma nova guerra e o fato real da Crise do Mísseis em Cuba. Além disso o roteiro ainda toca na questão do preconceito em relação aos mutantes, fato que determinará a cisão entre Xavier e Magneto.

Apesar de uma ou outra falha, a trama prende a atenção e as cenas de ação são competentes, tendo ainda as boas interpretações de James McAvoy e Michael Fassbender, que dão um tom diferente ao criar a juventude de dois personagens tão conhecidos do público. 

Alguns exigentes fãs dos quadrinhos reclamaram de algumas situações que foram adaptadas para o cinema, como a questão de poderes de alguns mutantes e até mesmo o final com o Professor Xavier que não se encaixa com o início de “X-Men 3”, porém como sou leigo em quadrinhos, considero o filme extremamente divertido. 

Como curiosidade, o filme tem uma pequena e engraçada participação de Hugh Jackman com seu personagem Wolverine.

6 comentários:

Celo Silva disse...

Um bom filme mesmo, acima da média das adaptações de hérois.

Amanda Aouad disse...

É um belo filme mesmo.

bjs

Gilberto Carlos disse...

Também adorei essa prequel dos mutantes criados por Stan Lee e já estão produzindo uma continuação.

Hugo disse...

Celo - Com certeza, este foi um grande acerto da Marvel.

Amanda - Até mesmo para quem não é fã de quadrinhos.

Gilberto - Não sabia da continuação. Vamos aguardar para conferir.

Abraço

Anderson Souza silva disse...

Muito Bom. Em minha opinião foi o melhor "X-Men" da franquia.

Abraço

Hugo disse...

Anderson - Na minha opinião ele tem o mesmo nível de "X-Men 2", sendo os dois melhores da franquia.

Abra~p