quinta-feira, 19 de abril de 2012

Rio

Rio (Rio, EUA, 2011) – Nota 6,5
Direção – Carlos Saldanha
Vozes – Jesse Eisenberg, Leslie Mann, Rodrigo Santoro, Jamie Foxx, Will i Am, Anne Hathaway, Bernardo de Paula, Jemaine Clement, George Lopez, Tracy Morgan.

A arara azul Blu (voz de Jesse Eisenberg) é capturada ainda filhote no Brasil e contrabandeada para os EUA, onde acaba caindo de um caminhão de transporte e passa a ser cuidada pela menina Linda (Leslie Mann). Anos depois, Linda é procurada pelo brasileiro Tulio (Rodrigo Santoro), que deseja levá-la com Blu para o Brasil, com o objetivo de acasalar Blu com Jade (Anne Hathaway) a última fêmea da espécie. Relutante, Linda aceita o convite, porém no Brasil, Blu é sequestrada, dando início a uma complicada aventura pelas favelas e pontos turísticos do Rio de Janeiro. 

O filme foi criticado pelos “patriotas de plantão” por mostrar o lado desonesto do Brasil e ainda criar personagens estereotipados, porém isso não me incomodou, pois infelizmente é uma paródia sobre parte de nossa realidade, não é uma mentira criada para difamar o país. 

Os críticos ficaram ainda mais irritados pela direção ser do brasileiro Carlos Saldanha, um craque na animação. O desejo destes era mostrar um Brasil das maravilhas, ou seja, criar uma fantasia. 

Quanto a animação em si, considerei apenas razoável. Ela tem uma ótima sequência inicial, belas imagens e uma divertida trilha sonora, porém faltou carisma aos personagens principais e um roteiro melhor, já que os diálogos não funcionam tão bem. O melhor personagem é o tucano Rafael dublado por George Lopez, pelo menos o mais carismático. 

No geral é uma animação que ficou pouco atrativa para os adultos e talvez um pouco adulta para as crianças, que devem ter gostado das músicas e das cores dos personagens. 

8 comentários:

Marcelo keiser disse...

Eu que particularmente simpatizo mais com animações japonesas não gostei muito. Mas não gostei do filme, justamente por suas qualidades, e não pelos defeitos inumerados feitos pela critica especializada, como uma critica que li publicada na revista Época ano passado. Gosto de animações com foco mais adulto, como a série Helsing que gira em volta de um tema clássico vampiresco.
Se houve uma tentativa em pegar carona no sucesso inquestionavel no desenho do "Nemo", Saldanha terá que nadar muito ainda.

Abraço

marcelokeiser.blogspot.com.br

Luís disse...

Não me sinto minimamente motivado a conhecer esse filme, apesar e bons comentários que tenho ouvido. Normalmente, tenho dificuldades em me entreter com animações.

Gilberto Carlos disse...

Um filme adorável. Uma pena não ter levado o Oscar de melhor canção. Parece que os americanos ficaram meio implicados com ele (apesar do sucesso que fez), já que divulga as nossas qualidades ao contrário de outros que nos detonam como Velozes e Furiosos 5 - Operação Rio.

O Narrador Subjectivo disse...

É um filme de animação, não o levem tão a sério! E visualmente é muito apelativo.

Natalia Xavier disse...

Os gráficos são bons, a construção das cenas tb. Mas de fato, os personagens não cativam. Tb não me incomodo com o que foi mostrado do Brasil, achei até bem equilibrado entre pontos bons e ruins.

Abs!

Hugo disse...

Marcelo - Não assisti muitas animações, mas mesmo assim concordo que esta deixou a desejar.

Luís - Também não sou grande fã do gênero.

Gilberto - As músicas realmente são boas, mas a animação no geral não cativa.

Narrador - O visual é extravagante, mas faz parte da proposta do filme.

Natalia - Faltaram personagens com carisma.

Abraço a todos

Jefferson Clayton Vendrame disse...

Eu vi Rio no cinema e gostei. Acho que valeu por mostrar as belezas de nosso país ao contrário de outros (inclusive propriamente brasileiros)que só mostram o lado negativo desse grandioso país.
Quanto o visual, apeladtivo ou não, é animação, que mal tem agora excesso de cores e etc? Tem tanta coisa pior... enfim o filme é legal as crianças adoram e creio q isso já basta.

Abraços HUGO

Hugo disse...

Jefferson - Concordo que as crianças com certeza gostaram, quanto mais colorido e movimentação melhor, porém analisando friamente a animação é apenas razoável em termos de história e personagens.

Abraço