domingo, 22 de abril de 2012

Quart4B

Quart4B (Brasil, 2005) – Nota 6,5
Direção – Marcelo Galvão
Elenco – Christiano Cochrane, Deto Montenegro, Antônio Destro, Malu Bierrenbach.

O diretor de uma escola primária convoca os pais dos alunos da Quarta B para uma reunião após ser encontrado um tijolo de maconha na sala. Um grupo heterogêneo de pessoas se reúne e logo começam a acusar uns aos outros sobre quem é o pai do dono da maconha, mostrando claramente o preconceito enraizado em cada pessoa e a obesssão em defender seu lado, não percebendo os próprios defeitos. No grupo temos o advogado agressivo, o surfista, o desempregado, a mãe superprotetora e um casal de idosos, entre outras figuras comuns da chamada classe média. 

A interessante premissa tinha tudo para render um ótimo filme, com discussões aprofundadas sobre a forma de pensar e ver o mundo destas pessoas, porém o roteiro do próprio diretor Marcelo Galvão dá uma reviravolta até certo ponto absurda, que não vou comentar para não estragar a surpresa de quem deseja assistir. 

Esta reviravolta leva a sequências que chegam a ser psicodélicas e algumas mostradas de forma não linear, ficando claro a pretensão do diretor em focar nas imagens e nas reações dos personagens. Esta tendência do diretor em criar imagens e sequências para confundir o público, se tornou ainda mais exagerada no seu filme posterior, o confuso “Bellini e o Demônio”. Aqui esta escolha faz o longa se tornar irregular e perder parte da força, porém ainda é um interessante exercício de análise sobre como os filhos são reflexos dos pais. 

Não deixe de assistir aos créditos finais, com alguns depoimentos interessantes que explicam o comportamento dos pais dos alunos.

4 comentários:

Celo Silva disse...

Não conhecia esse filme, mas pareceu no minimo interessante...
Sei lá, só vendo mesmo.

Thomás R. Boeira disse...

Ainda não vi Quarta B, mas recentemente assisti a um documentário do Marcelo Galvão chamado Lado B: Como Fazer Um Filme Sem Grana no Brasil.

Ele foca muito mais nas filmagens de Quarta B do que propriamente nas lições de como fazer um filme sem muito dinheiro, mas traz ótimos depoimentos de diretores como Fernando Meirelles e Ugo Giorgetti. Além disso, mostra muito bem as dificuldades que o Marcelo Galvão passou durante as filmagens do filme até a exibição na Mostra de São Paulo.

Bem interessante, Hugo. Se não conferiu ainda, acho que vale a pena procurar. ;)

Abraço,
Thomás
http://brazilianmovieguy.blogspot.com.br/

Gilberto Carlos disse...

Um filme basante interessante. Legal também o documentário que foi feito sobre as filmagens, como se fosse um making of: Lado B - Como fazer um filme sem grana no Brasil. Vale a pena conhecer.

Hugo disse...

Celo - É interessante, mas faltou um pouco de simplicidade do diretor.

Thomás e Gilberto - Valeu pela dica, não conhecia este documentário. Vou procurar assistir.