sábado, 10 de março de 2012

A Passagem

A Passagem (Stay, EUA, 2005) – Nota 6,5
Direção – Marc Foster
Elenco – Ewan McGregor, Ryan Gosling, Naomi Watts, Bob Hoskins, Janeane Garofalo, Elizabeth Reaser, B. D. Wong, Kate Burton.

O psiquiatra Sam Foster (Ewan McGregor) substitui uma doutora que ficou doente para atender o jovem Henry Letham (Ryan Gosling), que promete se matar em três dias e marca até o horário. Intrigado e vendo o paciente como um desafio, Sam tenta entender o porquê daquele atitude e resolve investigar a vida do rapaz com o objetivo de descobrir como salvá-lo. Um dos fatores que motivam Sam é que sua atual namorada Lila (Naomi Watts) também foi sua paciente após tentar o suicídio.

A idéia é interessante, deixando claro que o misterioso roteiro trará uma revelação no final, que até certo ponto é verossímil, mas não eleva a qualidade do longa, que se mostra confuso em grande parte, principalmente pela escolha do diretor Marc Foster e do roteirista David Beniof em fragmentar a história através de imagens que misturam sonho com realidade.

O grande pecado do filme é tentar copiar o clima de “O Sexto Sentido”,  não que a história ou a revelação final sejam iguais, mas com um desenrolar da trama bem inferior e sem a mesma qualidade do roteiro.

7 comentários:

Marcelo disse...

Ainda não assisti, mas o Ryan Gosling é um dos melhores da nova geração, me deixou na curiosidade.

Alysson Mello disse...

Esse filme tem um roteiro totalmente louco e diferente,tive de ve-lo 3 vezes para entender a história, quem for ver pela 1° vez tem que assistir com calma para poder entender tudo.

Rafael W. disse...

Não é nenhum grande filme, mas é complexo e intrigante o suficiente para entreter.

http://cinelupinha.blogspot.com/

Equipe UOPM disse...

Copiar O Sexto Sentido? Acho que não, hein, mas concordo que é bem complexo, com uma explicação que parece deixar um pouco a desejar.

Nuna entendi a cena que Naomi Watts olha pro nada e sorri.

KA disse...

Achei o desfecho sensacional. Fez total sentido. Mérito para os atores também. É um filme que, se revisto, se torna ainda mais interessante pelas pistas escondidas no roteiro.
Abs

Hugo disse...

Marcelo - O elenco é bom, Gosling novamente tem um bom papel, mas a trama é confusa.

Alysson - Eu vi apenas uma vez, talvez por isso tenha considerado filme confuso.

Rafael - Faz pensar, com certeza.

UOPM - Eu citei "O Sexto Sentido" no quesito de tentar enganar o espectador, lógico que as tramas completamente diferentes.

Ka - Concordo que o elenco é ótimo, mas talvez uma segunda sessão possa fazer minha opinião mudar quanto ao roteiro.

Abraço a todos

Hugo disse...

Marcelo - O elenco é bom, Gosling novamente tem um bom papel, mas a trama é confusa.

Alysson - Eu vi apenas uma vez, talvez por isso tenha considerado filme confuso.

Rafael - Faz pensar, com certeza.

UOPM - Eu citei "O Sexto Sentido" no quesito de tentar enganar o espectador, lógico que as tramas completamente diferentes.

Ka - Concordo que o elenco é ótimo, mas talvez uma segunda sessão possa fazer minha opinião mudar quanto ao roteiro.

Abraço a todos