quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

A Era do Rádio

A Era do Rádio (Radio Days, EUA, 1987) – Nota 7,5
Direção – Woody Allen
Elenco – Seth Green, Mia Farrow, Dianne Wiest, Julie Kavner, Michael Tucker, Julie Kurnitz, Wallace Shawn, Josh Mostel, Danny Aiello, Jeff Daniels, Robert Joy, Richard Portnow, Tony Roberts, Diane Keaton, Kenneth Mars, Larry David, Todd Field, William H. Macy.

No início dos anos quarenta, o garoto Joe (Seth Green) vive com sua família de origem judia que tem como única diversão o rádio. A mãe (Julie Kavner) é uma dona de casa e o pai (Michael Tucker) tenta esconder do filho que trabalha como taxista, situação que por sinal rende uma cena engraçada quando o garoto descobre a verdade. 

A família é grande e vive toda na mesma casa, tendo um casal de tios, os avós e a tia solteirona (Dianne Wiest) que sempre escolhe o cara errado para namorar. 

O roteiro de Woddy Allen (que também faz a narração) é em parte autobiográfico, porém mistura a vida em família com acontecimentos com personagens do rádio, principalmente a aspirante a atriz Sally White (Mia Farrow), que luta para conseguir sua grande chance. 

O longa é também uma grande homenagem de Allen ao rádio, que era o grande veículo de comunicação até o início dos anos cinqüenta quando a televisão começou a tomar o seu lugar

9 comentários:

Celo Silva disse...

Um dos poucos filmes que não assisti do Allen. Preciso resolver essa divida com um dos meus diretores favoritos. Abs!

http://espectadorvoraz.blogspot.com/

Fábio Henrique Carmo disse...

Eu tenho esse filme em casa e...não vi até hoje! Preciso tomar vergonha na cara e assistir o mais rápido possível.

Amanda Aouad disse...

Eu gosto muito da forma simples como Woody Allen resgata seu passado e a história do rádio nesse filme. A primeira cena é genial com os ladrões participando do programa, hehe.

bjs

Thomás R. Boeira disse...

Gosto muito de Woody Allen e desse filme. É um dos vários bons momentos da carreira dele.

Abraço,
Thomás
http://brazilianmovieguy.blogspot.com/

Rodrigo Mendes disse...

Um grande exemplar de Woody Allen. Romântico e inesquecível.
Adoro a maneira como ele narra essa história radiofônica.

Abs.

Gonga disse...

Adorei este filme, fez me lembrar a minha infancia tb.

http://gonga-cinema.blogspot.com

Gilberto Carlos disse...

Um dos melhores filmes de Woody Allen. Adoro a cena em que Denise Dummont canta Tico tico no fubá, imitando Carmen Miranda.

Pedro Otávio Cavalcante disse...

Não entendi essa nota 7,5 pro filme. O filme é maravilhoso e sensacional, emocionante, de certa forma, sem perder o humor inteligente de Woddy Allen. Um dos meus filmes preferidos, merecia um 10!

Hugo disse...

Celo e Fávio - O filme é uma bela homenagem ao rádio e a importância dele antes da chegada da tv.

Amanda - A primeira cena é genial e divertida.

Thomás - Os filme de Woody Allen são sempre de boa qualidade.

Rodrigo - Ele narra de acordo com suas lembranças de quando era criança.

Gonga - Legal, filmes que lembram algo de nossa vida se tornam inesquecíveis.

Gilberto - Denise Dumont tentou um carreira em Hollywood mas não foi feliz.

Pedro - Assisti muitos filmes de Woody Allen e mesmo gostando deste, considero que outros são melhores. Este é sensível e mistura bem humor e nostalgia, mas não considero um filme nota 10.

Abraço a todos