quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Cabana do Inferno

Cabana do Inferno (Cabin Fever, EUA, 2002) – Nota 6,5
Direção – Eli Roth
Elenco – Rider Strong, Jordan Ladd, James De Bello, Cerina Vincent, Joey Kern, Arie Verveen, Giuseppe Andrews.

Um grupo de cinco amigos de faculdade decide passar alguns dias de férias em uma cabana no meio de uma floresta. Enquanto um casal fica na cabana fazendo sexo, os outros três resolvem caçar esquilos e acabam cruzando com um sujeito (Arie Verveen) que está sangrando e com a pele cheia de feridas. O grupo afugenta o homem que morre dentro de um riacho, contaminando a água que transmitirá um estranho vírus para os jovens, transformando as férias em terror. 

Este longa é a estréia de Eli Roth (“O Albergue I e II”) na direção e já mostra o seu gosto por sangue, violência e sexo em altas doses, acima do normal dos típicos filmes de terror atuais. 

Apesar dos personagens caricatos, o filme fez grande sucesso e tem alguns detalhes interessante, como utilizar como vilão uma ameaça mais real que o sobrenatural comum a estas produções e as boas locações na floresta. 

Como curiosidade, James De Bello e Giuseppe Andrews trabalharam juntos três anos antes na simpática comédia “Detroit Rock City”.

O filme teve uma continuação em 2009 sem Eli Roth.

4 comentários:

Anderson Landers disse...

Um trash muito bom, pelo fato de a doença ser a "Vilã". A continuação é realmente péssima, perdi meu tempo com este. Enquanto aos novos filmes "Cabin Fever: Patient Zero" e "Cabin Fever: Outbreak" espero que sejam bons.

Maxwell Soares disse...

Olá, Hugo. Nutro um certo preconceito por estes tipos de filmes. Mas irei conferir. Gostei, especialmente, do teu texto. Um abraço...

Hugo disse...

Anderson - Não assisti a continuação.
Estes dois novos filmes tem jeito de caça-níquel, mas temos de esperar para conferir.

Maxwell - Gosto de terror, principalmente daqueles que além de assustar tem uma boa história.

Abraço

Rodrigo Mendes disse...

Trash total dos bem repulsivos e exploitation. É tão ruim que é bom.

Eli Roth? Não podia crer que era aquele ator em Bsstardos Inglórios, rs!

Abç.