terça-feira, 25 de outubro de 2011

XXY

XXY (XXY, Argentina / Espanha / França, 2007) – Nota 7,5
Direção – Lucia Puenzo
Elenco – Ricardo Darin, Valeria Bertuccelli, Ines Efron, Martin Piroyansky, German Palacios, Carolina Pelleritti.

No litoral do Uruguai, o casal argentino Kraken e Suli (Ricardo Darin e Valeria Bertuccelli) sofre com o problema da filha Alex (Ines Efron), que nasceu com os órgãos sexuais masculino e feminino, sendo obrigada a tomar medicamentos para ser tornar mulher. 

Suli por conta própria convida um casal (German Palacios e Carolina Pelleritti) para tentar resolver a situação, já que o marido é um médico especialista em cirurgia de “normalização sexual”, o que desagrada Kraken e a própria Alex. O casal trás o filho Alvaro (Martin Piroyansky) que acaba se envolvendo com a confusa Alex, criando uma situação ainda mais complexa. 

A diretora Lucia Puenzo, filha de Luis Puenzo, diretor de “Gringo Velho” e vencedor do Oscar de Filme Estrangeiro por “A História Oficial”, estreou muito bem na direção com este drama que vai além da questão sexual. O roteiro toca também em questões familiares como distanciamento entre casal, a falta de entendimento entre pais e filhos, sobre escolhas e principalmente preconceito. É interessante notar também as mudanças que ocorrem nas relações familiares durante o convívio entre os dois casais e seus filhos. 

É um pequeno grande drama filmado com sensibilidade e um pouco de polêmica. 

3 comentários:

Celo Silva disse...

é um otimo filme mesmo, sensivel e preocupado em não tomar algum partido. Assisti ele esse ano tb. Abs!

Amanda Aouad disse...

Parace interessante mesmo. Mais um que vai para lista.

bjs

Hugo disse...

Celo - Por sinal o tema "escolha" é um dos pontos principais do filme.

Amanda - Assista que vale a sessão.

Abraço