quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Brubaker & A Última Fortaleza


Nesta postagem escreva sobre dois que se passam numa prisão e tem como protagonista o veterano astro Robert Redford.

Mesmo com uma diferença de trinta anos entre as produções e com enredos diferentes, a semelhança fica por conta dos personagens interpretados por Redford, sujeitos honestos e determinados a enfrentar a injustiça.

Brubaker – (Brubaker, EUA, 1980) - Nota 9
Direção – Stuart Rosenberg
Elenco – Robert Redford, Yaphet Kotto, Jane Alexander, Murray Hamilton, David Keith, Morgan Freeman, Matt Clark, Tim McIntire, M. Emmet Walsh, Albert Salmi, Everett McGill, Val Avery, Linda Haynes.

Neste que é um dos melhores filmes sobre prisão já realizados, temos como protagonista Henry Brubaker (Robert Redford) que sem infiltra numa prisão como um detento qualquer, porém sem que ninguém saiba ele é o diretor que tomará posse depois de alguns dias. Brubaker vê rapidamente que o presídio é um antro de corrupção, onde alguns detentos aliados aos guardas dominam com violência os demais  presos, negociando e lucrando em todo tipo de situação, até mesmo na distribuição da comida.

O longa é baseado numa história real ocorrida numa prisão do Arkansas, em que um diretor denunciou um grande esquema de corrupção dentro do sistema penal americano. Além do bom desempenho de Redford, vale destacar a presença de Morgan Freeman em um dos seus primeiros papéis com algum destaque no cinema.

A Última Fortaleza (The Last Castle, EUA, 2001) – Nota 7,5
Direção – Rod Lurie
Elenco – Robert Redford, James Gandofini, Mark Ruffalo, Steve Burton, Delroy Lindo, Paul Calderon, Clifton Collins Jr, Brian Goodman, Frank Military, Robin Wright Penn.

O condecorado General Eugene Irwin (Robert Redford) é condenado há dez anos de prisão por um fato que será revelado apenas na metade do filme. Ele é enviado a um presídio militar comandado pelo Coronel Winter (James Gandolfini), que a princípio tenta respeitar o colega que está preso, mas quando Irwin percebe as injustiças e o modo opressivo como Winter comanda o local, os dois entram em conflito e transformam o presídio em um verdadeiro campo de batalha, onde um lado tem a força e o poder das armas e do outro a inteligência e a experiência de um quem está acostumado a lutar. 

Apesar de ser um filme apenas correto, vale a sessão pela atuações de Redford e Gandolfini, que travam uma batalha pessoal e mostram dois tipos distintos de liderança, aquele que consegue se impor apenas pela força do cargo e aquele que tem uma liderança natural, um dom que poucas pessoas possuem.


4 comentários:

Celo Silva disse...

Ainda não assisti BRUBAKER, mas imagino q seja otimo, Redford é um dos grandes! ULTIMA FORTALEZA assisti tem algum tempo, mas gosto, acho um filme emocionante. Abs!

Amanda Aouad disse...

Interessante a comparação e semelhanças apontadas por você entre os dois filmes. Não vi Brubaker ainda, mas vou ver observando esses detalhes.

bjs

Hugo disse...

Celo e Amanda - Mesmo "A Última Fortaleza" sendo interessante, "Brubaker" é superior.

Abraço

Rui Luís Lima disse...

"A Última Fortaleza" que em Portugal teve um título diferente, foi um filme de que gostei bastante, como vi em dvd tive a oportunidade de ver as cenas eliminadas e curiosamente se essas cenas fossem incluídas na versão final a forma como veríamos a personagem interpretada por Gandolfini seria bem diferente.
Cumprimentos cinéfilos
Rui Luís Lima