segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Velozes e Mortais & Fúria em Duas Rodas


O sucesso de "Velozes e Furiosos" rendeu um franquia com altas e baixos, além de diversas cópias, em sua maioria filmes recheados de cenas de ação absurdas com roteiros péssimos. Estes dois filmes são exemplos claros.

Velozes e Mortais (Highwaymen, EUA/Canadá, 2004) – Nota 4
Direção – Robert Harmon
Elenco – Jim Caviezel, Rhona Mitra, Frankie Faison, Colm Feore.

Rennie Cray (Jim Caviezel) após ter sua esposa assassinada por um serial killer, vive amargurado e pronto para a vingança. Como o assassino aborda mulheres sozinhas dirigindo nas estradas da região, Rennie roda incansável em busca do sujeito. Quando ele encontra Molly (Rhona Mitra), que foi a única mulher que escapou do ataque do psicopata, ele acredita ter uma chance de encontrar o assassino. 

No mesmo ano em que estrelou “A Paixão de Cristo”, Jim Caviezel trabalhou neste filme arrastado, que tenta misturar trauma psicológico com ação, onde nem mesmo as cenas de perseguição na estrada se salvam, resultando numa bomba. 

Como curiosidade, o diretor Robert Harmon estreou no cinema com o ótimo “A Morte Pede Carona” de 1986 e parecia ter talento para uma grande carreira, o que acabou não acontecendo.

Fúria em Duas Rodas (Torque, EUA/Austrália, 2004) – Nota 3
Direção – Joseph Kahn
Elenco – Martin Henderson, Ice Cube, Monet Mazur, Jay Hernandez, Will Yun Lee, Adam Scott, Matt Schulze, Jaime Pressly, Justina Machado, Fredro Starr, John Doe, Faizon Love.

O motoqueiro Cary Ford (Martin Henderson) é considerado responsável pela morte de um membro de uma gangue rival liderada por Trey (Ice Cube), que para passa a perseguir o rapaz para se vingar. Precisando provar que não matou o sujeito, Cary se mete em alucinadas e absurdas sequências de perseguições com carros e motos. 

O neozelandês Martin Henderson que trabalhou em “O Chamado” quase afundou sua carreira neste longa totalmente equivocado, que tem um roteiro péssimo e interpretações tão ruins quanto, onde salva-se apenas a bela de Monet Mazur, que como atriz é bem fraca.   


2 comentários:

Celo Silva disse...

Achei VELOZES E MORTAIS um filme legal, guarda uma certa aurea setentista, enquanto FURIA EM DUAS RODAS é realmente uma porcaria daquelas.

Hugo disse...

Celo - Achei os dois filmes muito fracos.

Abraço