quarta-feira, 4 de maio de 2011

No Calor da Noite


No Calor da Noite (In the Heat of the Night, EUA, 1967) – Nota 8,5
Direção – Norman Jewison
Elenco – Sidney Poitier, Rod Steiger, Warren Oates, Lee Grant, Scott Wilson, Larry Gates.

Na cidade de Sparta no Mississipi, um rico empresário que planejava construir uma fábrica no local é encontrado morto e a investigação fica por conta do xerife Bill Gillespie (Rod Steiger). Na manhã seguinte ao assassinato, o policial Sam (Warren Oates) desconfia de um negro desconhecido na estação de trem e o prende como suspeito. Na delegacia Sam e o xerife descobrem que o sujeito é Virgil Tibbs (Sidney Poitier), um detetive da Filadélfia. A complicado situação faz com que Gillespie peça ajuda Tibbs para solucionar o caso, o que acarretará mais problemas em virtude de parte da população ser racista. 

Este ótimo drama policial sobre preconceito e racismo é um dos grandes filmes dos anos sessenta, sendo vencedor de cinco Prêmios Oscar, entre eles de Melhor Filme e Melhor Ator para Rod Steiger. 

O sucesso do longa fez Sidney Poitier voltar ao papel de Tibbs outras duas vezes, em “Noite Sem Fim” de 1970 e “A Organização” de 1971, além de gerar uma série que foi ao ar entre 1988 e 1994 com o falecido Howard E. Rollins Jr (ator de "Na Época do Ragtime") no papel principal. 

Como curiosidade, Sidney Poitier foi um dos atores mais engajados na luta dos direitos dos negros nos EUA e no mesmo ano deste filme, estrelou também outro drama sobre preconceito, o simpático e bem mais leve “Adivinhe Quem Vem Para Jantar”, com Katherine Hepburn e Spencer Tracy, este em seu último trabalho. 

4 comentários:

Alan Raspante disse...

Ainda não vi este filme, mas a história me parece ser super interessante! Falando em Poitier, assisti "Adivinhe quem vem para o jantar" esta semana e gostei demais. A atuação dele é maravilhosa, assim como todo o elenco.

Hugo,só uma correção... Audrey Hepburn não fez "Adivinhe quem vem para o jantar" e sim, Katharine Hepburn, hehehe Fica a dica aê!

Té mais :D

Hugo disse...

Alan - Eu errei a digitação...rs Valeu pela dica.

Abraço

Kahlil Affonso disse...

Acho esse filme fantástico!!

http://filme-do-dia.blogspot.com/

Hugo disse...

Kahlil - É um dos primeiros filmes que tocou fundo na questão do racismo.

Abraço