segunda-feira, 18 de abril de 2011

Van Helsing


Van Helsing (Van Helsing, EUA / República Tcheca, 2004) – Nota 6,5
Direção – Stephen Sommers
Elenco – Hugh Jackman, Kate Beckinsale, Richard Roxburgh, David Wenham, Will Kemp, Kevin J. O’Connor, Elena Anaya, Samuel West, Robbie Coltrane.

No final do século XIX, Gabriel Van Helsing (Hugh Jackman) trabalha como caçador de vampiros para o Vaticano e tem como nova missão eliminar Conde Drácula (Richard Roxburgh) que vive na Transilvânia. Drácula financiou as experiências do Dr. Frankenstein (Samuel West) na tentativa de ressuscitar mortos, o que o médico acaba conseguindo, trazendo a vida um criatura montada com partes de mortos. Van Helsing viaja junto com Anna Valerius (Kate Beckinsale) e seu irmão Velkan (Will Kemp), além de um frade (David Wenham) especialista em criar armas usadas pelo herói. Pelo caminho o grupo terá de enfrentar vários inimigos, entre eles Lobisomen e as viúvas de Drácula. 

O diretor Stephen Sommers revisitou com sucesso o clássico “A Múmia” numa versão aventuresca em 1999 e na sua sequência “O Retorno da Múmia”, tendo sido ainda um dos pais do seriado “24 Horas” e com todo este cacife tentou um passo maior, reunir no mesmo longa de ação os clássicos monstros da Universal com um roupagem moderna, repleta de efeitos especiais e o resultado foi um grande fracasso. 

O filme não chega a ser ruim, as cenas de ação são competentes, assim como a fotografia e ótima produção toda rodada em Praga na República Tcheca, porém o roteiro não ajuda, desperdiçando bons personagens, além de transformar o herói Van Helsing numa espécie de James Bond, usando diversas engenhocas para enfrentar os monstros. 

É o tipo de filme que funciona para uma sessão descontraída, sem preocupações com roteiro ou comparação com os filmes clássicos da Universal.

8 comentários:

Kahlil Affonso disse...

É ruim... muito ruim! É aquele tipo de filme que de tão ruim chega a ser bom!

Jack, The Ripper disse...

Adoro esse filme, muito divertido. Como disse Kahlil acima, é tão ruim que chega a ser bom;

K disse...

Achei esse filme bastante divertido...

Rodrigo disse...

Ruim, ruim e ruim. Ah, esqueci de comentar: ruim. Abraços.

! Marcelo Cândido ! disse...

Pensei que teria uma continuação...

Rafael W. disse...

Também não achei tão ruim quanto dizem por ai. O problema foi o roteiro, por demais absurdo e bagunçado.

http://cinelupinha.blogspot.com/

diego disse...

Eu gostei dos personagens, e a ideia até que era boa, o cenario...mas não sei como conseguiram transformar em um dos filmes mais risiveis dos ultimos anos...totalmente dispensavel!!!

Hugo disse...

A todos - Resumindo, o filme desperdiça uma boa idéia.

Abraço