quinta-feira, 14 de abril de 2011

Tombstone & Wyatt Earp


A história de Wyat Earp e Doc Holliday foi levada ao cinema pelo menos quatro vezes, sempre com boa qualidade. Temos a versão clássica dirigida por John Ford em 1946 chamada “Paixão dos Fortes”, com Henry Fonda e Victor Mature nos papéis principais, o clássico “Sem Lei, Sem Alma” de John Sturges com Burt Lancaster e Kirk Douglas de 1957 e os dois filmes que cito nesta postagem, "Tombstone" de 1993 com Kurt Russell e Val Kilmer sob a direção de George Pan Cosmatos e “Wyatt Earp” dirigido por Lawrence Kasdan e estrelado por Kevin Costner em 1994, tendo ainda Dennis Quaid como Doc Holliday.

Tombstone – A Justiça Está Chegando (Tombstone, EUA, 1993) – Nota 8
Direção – George Pan Cosmatos
Elenco – Kurt Russell, Val Kilmer, Michael Biehn, Powers Boothe, Sam Elliott, Bill Paxton, Dana Delany, Stephen Lang, Joanna Pacula, Terry O'Quinn, Michael Rooker, Jon Tenney, Thomas Haden Church, Robert John Burke, Jason Priestley, Dana Wheeler Nicholson, Billy Zane, Frank Stallone, Charlton Heston, Billy Bob Thornton, Tomas Arana, Paul Ben Victor, John Philbin, Billy Zane, John Corbett, Harry Carey Jr.

No século XIX, os irmãos Earp, Wyatt (Kurt Russell), Virgil (Sam Elliott) e Morgan (Bill Paxton) chegam a cidade de Tombstone com suas famílias, quase ao mesmo tempo do pistoleiro e jogador Doc Holliday (Val Kilmer), antigo amigo de Wyatt. Logo a família entra em conflito com um grupo de pistoleiros liderados por Curly Bill Brocius (Powers Boothe), que com a ajuda de Johnny Ringo (Michael Biehn) e dos irmãos Clanton (Stephen Lang e Thomas Haden Church) aterrorizam a cidade. Depois de brigas, disputas e algumas mortes, o duelo final entre os grupos acontece no Curral OK. 

Das quatro versões esta “Tombstone” é a mais voltada para ação, com diversas sequências de tiroteios e um elenco recheado de rostos conhecidos, trazendo todos os elementos clássicos do western. Por sinal, o elenco é um dos pontos fortes, com Kurt Russel competente no papel principal e Val Kilmer mostrando que é bom ator quando escolhe bem o papel, ao recriar um Doc Holliday alcoólatra que sofre de tuberculose. Este é o penúltimo filme dirigido pelo italiano de origem grega George Pan Cosmatos, conhecido por filmes de ação com Stallone como “Rambo II – A Missão” e “Cobra”. Cosmatos faleceu em 2005.


Wyatt Earp (Wyart Earp, EUA, 1994) – Nota 7
Direção – Lawrence Kasdan
Elenco – Kevin Costner, Dennis Quaid, Gene Hackman, Michael Madsen, Linden Ashby, Jeff Fahey, Tom Sizemore, Bill Pullman, Mare Winnigham, Joanna Going, Jobeth Williams, Mark Harmon, Catherine O'Hara, Adam Baldwin, Annabeth Gish, Isabella Rossellini, Todd Allen, James Gammon, Rex Linn, Betty Buckley, Mackenzie Astin, James Caviezel, Téa Leoni, Martin Kove.

Diferente de “Tombstone”, este longa é praticamente uma biografia completa de Wyatt Earp (Kevin Costner), começando com ele ainda adolescente mentindo a idade para lutar junto com os irmãos na Guerra da Secessão e após o final da luta toda a família com a liderança do pai (Gene Hackman) se muda para o oeste. No início da nova vida, Wyatt se mete em confusão mas acaba  salvo pelo pai e vê sua vida mudar quando faz amizade com os irmãos Ed e Bat Masterson (Bill Pullman e Tom Sizemore), que são xerifes em Dodge City, cidade onde mais tarde o próprio Wyatt se tornará xerife e ficará famoso por limpar o local dos bandidos, seguindo sua jornada até a amizade com Doc Holliday (Dennis Quaid) e o famoso duelo no Curral OK contra os irmãos Clanton. 

Este trabalho de Kasdan na direção e Costner na produção segue o estilo preferido do astro (“Dança com Lobo”, “O Mensageiro” e “Waterworld’), com uma longa duração (mais de três horas) e a grandiosidade que lembra os grandes clássicos do gênero da época de ouro de Hollywood. No geral é um bom filme, que detalha muito bem a vida deste mito do oeste americano, mas peca um pouco pela duração, o que explica não ter feito o mesmo sucesso de “Tombstone”, que focava apenas a parte final mostrada aqui e tinha como ponto principal as cenas de ação.   

6 comentários:

! Marcelo Cândido ! disse...

Não conhecia esses filmes!

Hugo disse...

Marcelo - São bons filmes para quem gosta de western.

Abraço

Rodrigo disse...

Não conheço a tal pessoa retratada nem os filmes. Mesmo assim, nem me chamou muita atenção. Abraços.

Hugo disse...

Rodrigo - O personagem é um dos ícones da história do oeste americano.

Abraço

Anônimo disse...

Amo Tombstone e a historia dos personagens. Ja vi varias vezes.

Hugo disse...

Anônimo - É um ótimo filme com uma história clássica do western.

Abraço