sábado, 16 de abril de 2011

Nosferatu - O Vampiro da Noite


Nosferatu – O Vampiro da Noite (Nosferatu: Phantom der Nacht, Alemanha / França, 1979) – Nota 7
Direção – Werner Herzog
Elenco – Klaus Kinski, Isabelle Adjani, Bruno Ganz, Roland Topor, Walter Landegast.

Esta refilmagem do clássico do expressionismo alemão de F. W. Murnau é competente, porém não consegue superar o original. 

A história é a mesma, começando com o corretor imobiliário Jonathan Harker (Bruno Ganz) sendo enviado aos Montes Cárpatos para atender ao Conde Drácula (Klaus Kinski), que pretende comprar um casa e se mudar para a pequena cidade na Alemanha onde vive Harker. Porém o sinistro Conde se apaixona por um foto da esposa de Harker, a bela Lucy (Isabelle Adjani) e ataca o corretor o deixando inconsciente, enquanto foge e viaja de barco para a Alemanha à procura de Lucy, espalhando a peste por onde passa. 

Como citei no início, o original feito ainda na época do cinema mudo, tem um clima assustador e uma sensacional interpretação de Max Schreck como Conde Orlock, fato que ajudou a criar a lenda de que Schreck era mesmo um vampiro. 

Aqui nesta refilmagem a interpretação de Kinski também é assustadora e o ritmo lento em algumas passagens, especialidade de Herzog, acaba dando o tom do longa e funciona bem em algumas cenas, como na procissão de caixões na praça central da cidade e nas centenas de ratos vivos que chegam no mesmo navio de Drácula. 

Os dois filmes merecem ser assistidos.

8 comentários:

Alan Raspante disse...

Ainda não assisti este. Mas, primordialmente vou procurar assistir ao original e depois tento conferir este. Pelo jeito, ao menos, consegue ser competente!

abs.

Jack, The Ripper disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jack, The Ripper disse...

Não assisti essa versão. Mas o original é incrível.

Amanda Aouad disse...

Também não vi esse, mas vi o original que é mesmo uma obra-prima do cinema alemão. E tive o desprazer de ver A Sombra do Vampiro com Willem Dafoe.

Com o que você escreveu, acho que vou deixar esse pra depois.

bjs

Rodrigo disse...

Amo o original. Considero um verdadeiro clássico. Por isso mesmo, tenho um pé atrás com este. Mas acredito no Herzog e irei ver um dia. Abraços.

Rodrigo Mendes disse...

Esta refilmagem é boa!
Mas digo mais apaixonado como eu amo o original...o filme que realmente me fez dormir de luz acesa!

Abs.
RODRIGO

Hugo disse...

Alan - É um pouco irregular, mas não deixa de ser interessante.

Jack - A original é um obra marcante.

Amanda - Não achei "A Sombra do Vampiro" tão ruim, considero até uma homenagem a este clássico. Lógico que é um filme que não deve ser levado a sério.

Rodrigo - O cinema de Herzog é diferente e merece ser conhecido.

Rodrigo Mendes - O original assustou várias gerações.

Abraço a todos

Natalia Xavier disse...

Nao sabia que tinha a refilmagem! o.O

É dificil gostarmos de refilmagem qdo temos um original, tao artistico e competente como neste caso ne?

Abs!