domingo, 3 de abril de 2011

Doze Homens e Outro Segredo & Treze Homens e um Novo Segredo


Doze Homens e Outro Segredo (Ocean’s Twelve, EUA, 2004) – Nota 6,5
Direção – Steven Soderbergh
Elenco – George Clooney, Brad Pitt, Matt Damon, Julia Roberts, Catherine Zeta Jones, Andy Garcia, Vincent Cassel, Casey Affleck, Scott Caan, Shaobo Qin, Bernie Mac, Don Cheadle, Carl Reiner, Elliott Gould, Eddie Jemison, Jared Harris, Robbie Coltrane, Jeroen Krabbé, Eddie Izzard, Topher Grace, Albert Finney, Bruce Willis.

Após três anos do roubo ao Cassino Bellaggio, Danny Ocean (George Clooney) voltou a viver com a esposa Tess (Julia Roberts), porém sua tranqüilidade acaba quando Terry Benedict (Andy Garcia), o dono do Bellaggio, o encontra e exige receber seu dinheiro de volta com juros, caso contrário matará a todos da quadrilha. Lógico que em três anos o grupo gastou boa parte do dinheiro, obrigando a Danny e Rusty Ryan (Brad Pitt) criarem um novo plano, agora com o objetivo de roubar um valioso Ovo Faberge no Museu de Roma. Desta vês a situação é mais complicada, pois o grupo está sendo investigado pela bela detetive Isabel Lahiri (Catherine Zeta Jones) e ainda terão de disputar o roubo com o milionário francês François Toulour (Vincent Cassel), especialista em roubos impossíveis. 

Infelizmente o que o original tinha de charme e graça nos diálogos e na ação entre o grupo de ladrões, se perde nesta continuação que dá muito espaço ao romance entre Brad Pitt e Catherine Zeta Jones e a disputa pessoal entre Clooney e Vincent Cassel. Os coadjuvantes ficam um pouco de lado e até mesmo as sequências de ação são fracas, bem diferente do bem bolado roubo do longa original. Mesmo com o elenco recheado de famosos entre os coadjuvantes, o filme decepciona. Talvez a cena mais interessante seja a pequena participação de Bruce Willis interpretando ele mesmo.

Treze Homens e um Novo Segredo (Ocean’s Thirteen, EUA, 2007) – Nota 7
Direção – Steven Soderbergh
Elenco – George Clooney, Brad Pitt, Matt Damon. Andy Garcia, Al Pacino, Ellen Barkin, Elliott Gould, Don Cheadle, Eddie Jemison, Shaobo Qin, Casey Affleck, Scott Caan, Bernie Mac, Carl Reiner, Eddie Izzard, Julian Sands, David Paymer, Vincent Cassel.

Quando Reuben Tischkoff (Elliott Gould), o sujeito que bancou o roubo ao cassino no primeiro filme é enganado pelo corrupto Willie Bank (Al Pacino), Danny Ocean (Georger Clooney) e Rusty Ryan (Brad Pitt) reúnem novamente o grupo de ladrões com o plano de roubar o cassino que Willie Bank irá inaugurar e devolver o dinheiro para Reuben. 

Depois do fraco segundo filme que deixava de lado os coadjuvantes e focava muitos nos relacionamentos amorosos, aqui as belas Julia Roberts e Catherine Zeta Jones ficaram de fora e o resultado acabou sendo um longa melhor e que chega mais próximo ao ótimo original. O filme é quase todo voltado para a preparação do golpe, com ótimos diálogos entre Clooney e Pitt, tendo Al Pacino competente como o vilão e a participação mais ativa dos coadjuvantes, que voltam a ser importantes na trama. Um desfecho digno para a série.

5 comentários:

diego disse...

Olá Hugo, houve um pequena mudança no meu blog...uma troca de endereço, gostaria que você excluisse o antigo link que era O Irlandês e adicionasse o novo..
http://cinemaatemporal.blogspot.com/

já providencei um novo link do seu blog ao novo enderenço..agradeço desde já

abraços!

Rafael W. disse...

Acho o pior da trilogia, mas é um filme bem bacana.

http://cinelupinha.blogspot.com/

Hugo disse...

Diego - Alterei seu link no blog.

Rafael - O segundo filme é o mais fraco.

Abraço

! Marcelo Cândido ! disse...

Nenhum supera o 1° !

Hugo disse...

Marcelo - Com certeza.

Abraço