terça-feira, 2 de novembro de 2010

Missão Impossível


Missão Impossível (Mission: Impossible, EUA, 1996) – Nota 8
Direção – Brian DePalma
Elenco – Tom Cruise, Jon Voight, Emmanuelle Beart, Henry Czerny, Ving Rhames, Jean Reno, Vanessa Redgrave, Emilio Estevez, Kristin Scott Thomas, Dale Dye, Marcel Iures.

Numa missão em Praga, a equipe do agente secreto Ethan Hunt (Tom Cruise) cai numa emboscada e alguns agentes acabam morrendo. Sendo tratado como suspeito de ser o traidor, Ethan precisa descobrir quem planejou a armadilha e para isso procura ajuda de alguns agentes renegados, como Luther Stickwell (Ving Rhames) e a bela Claire Phelps (Emmanuell Beart) filha de seu superior na CIA, Jim Phelps (Jon Voight). 

Muita correria, suspense como na famosa cena de Tom Cruise pendurado por fios sem poder tocar o chão e a alucinada e exagerada sequência final de uma perseguição com um helicóptero e um trem dentro de um túnel. O filme é um grande acerto na carreira de Tom Cruise, parte pela ótima escolha de Brian DePalma na direção, que sabe como ninguém criar sequências de suspense e também pela história, ressuscitar a famosa série de sucesso dos anos sessenta era uma desafio que se bem feito renderia muito dinheiro e o caminho aberto para sequências. Duas já foram lançadas com sucesso e hoje está em pré-produção uma quarta aventura. 

5 comentários:

Amanda Aouad disse...

Gosto desse primeiro filme, tem ação, suspense e aquele jogo dúbio na construção dos personagens. Agora o helicóptero e o trem foi um pouco de exagero mesmo. hehe.

Dezito disse...

Ora aí está um filme que nunca fui grande fã. Cruise tem concerteza melhores papéis na sua carreira.

cumps

Rof disse...

Esse é perfeito. Disparado o melhor da série!

Ah, Amanda, eu concordo contigo quando fala dos pontos fortes como suspense e ação. Quanto as tomadas do túnel, pra mim estão entre umas das melhores do cinema de ação da atualidade. Afinal quem quer ver cenas reais assiste o JN.
Aê Hugo, não tenho comentado tanto, mas estou diariamente por aqui.

Abraço a todos!

Rodrigo Mendes disse...

Eu gosto da direção de De Palma e do roteiro de espionagem bem articulados.

Apesar das coisas impossíveis como no trem bala. Rs!

Infelizmente o dois foi ruim e o terceiro, ao menos interessante.

Abs,
Rodrigo

Hugo disse...

Amanda - A história é legal e o exagero do final é típico dos Blockbusters.

Dezito - Tom Cruise tem interpretações melhores em filmes como "O Último SamuraI" e em "Magnolia".

William - Com certeza é o melhor filme da série. Vamos esperar para conferir a quarta parte.

Rodrigo - O segundo é fraco em termos de história e vilão, mas mesmo assim ainda é assistível.

Abraço