sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Trapézio


Trapézio (Trapeze, EUA, 1956) – Nota 7,5
Direção – Carol Reed
Elenco – Burt Lancaster, Tony Curtis, Gina Lollobrigida, Katy Jurado, Thomas Gomez.

Nesta semana triste para o cinema, três pessoas importantes se forma: A atriz Gloria Stuart aos cem anos, conhecido pelas novas gerações por seu papel em "Titanic", o diretor Arthur Penn, sobre quem escrevi na postagem anterior comentando sobre sey filme mais famoso, "Bonnie e Clyde - Uma Rajada de Balas" e por fim o galã Tony Curtis, que em sua longa carreira trabalhou em filmes diversos como "Spartacus", "Quanto Mais Quente Melhor", "A Corrida do Século" e este "Trapézio" que comento abaixo.

No filme o trapezista Tino Orsini (Tony Curtis) vem de uma família que viveu no circo, tendo seu pai também sido trapezista. Com o intuito de aprender o famoso Salto Mortal Triplo, Tino viaja à Europa para encontrar outro trapezista, Mike Ribble (Burt Lancaster) especialista no salto, mas que está machucado devido a um acidente em sua apresentação. Tino consegue convencer Mike a criarem uma apresentação em dupla, porém a sedutora Lola (Gina Lollobrigida) deseja participar do número e acaba criando um triângulo amoroso e desencadeando um conflito entre os trapezistas. 

Este filme fez sucesso na época, principalmente pelo clima de romance entre o trio principal que estava no auge da forma e as cenas no trapézio, filmadas com qualidade e suspense, recriando com competência os bastidores do mundo do circo.

4 comentários:

Dan disse...

Oi Hugo,

Filme super - antigo, de um tempo de sonhos.


Abraços

Rodrigo Mendes disse...

HUGO, saudoso Tony Curtis que já se foi....

O Carol Reed tem outro filme que adoro: ' The Third Man' com Orson Welles.

Abs.
Rodrigo

Filmes Antigos Club disse...

É um filme que fez história, e o já saudoso Tony Curtis já se solidando como um astro de primeira grandeza já nesta produção.

Parabéns pelo blog, que já sigo e indico no meu espaço.

Abraços

Paulo Néry

Hugo disse...

Dan - É um filme da Era de Ouro de Hollywood.

Rodrigo - Este "O Terceiro Homem" é um clássico que preciso assistir.

Paulo - Obrigado pelas palavras, também estou linkando seu endereço aqui no blog.

Abraço a todos