quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Separados Pelo Casamento & Encontro de Casais


Separados Pelo Casamento (The Break-Up, EUA, 2006) – Nota 6
Direção – Peyton Reed
Elenco – Vince Vaughn, Jennifer Aniston, Joey Lauren Adams, Jon Favreau, Jason Bateman, Cole Hauser, Vincent D’Onofrio, Judy Davis, Justin Long, Ivan Sergei, John Michael Higgins, Ann Margret, Peter Billingsley.

Gary (Vince Vaughn) e Brooke (Jennifer Aniston) se conhecem durante um jogo de baseball e se apaixonam. Daí a história pula dois anos à frente quando o casal está morando junto e as diferenças de personalidade atrapalham o relacionamento. Após um jantar entre as famílias, o relacionamento do casal explode e eles decidem se separar, mas não querem deixar o apartamento, o que dá início a uma verdadeira guerra. 

A sinopse lembra um pouco “A Guerra dos Roses”,  filme de humor negro sobre um casal que disputa uma mansão e que tinha Michael Douglas e Kathleen Turner nos papéis principais, porém aqui o roteiro mescla situações ridículas com drama açucarado. A parte interessante é analisar como a falta de diálogo tende a acabar com um relacionamento e o filme mostra bem isso, com a mulher querendo algo do parceiro sem falar abertamente o quê e o sujeito intransigente, que não tem a mínima idéia de como mudar e não entende a cobrança da esposa. O filme perde pontos no mal aproveitamento dos coadjuvantes, desperdiçando personagens como o engraçado Jason Bateman e outros como Cole Hauser e Vincent D’Onofrio em papéis que pouco acrescentam a trama. Apesar da falhas no roteiro, o casal principal dá conta do recado, Vince Vaughn novamente no papel do sujeito imaturo e Jennifer Aniston sempre bela.

Encontro de Casais (Couples Retreat, EUA, 2009) – Nota 5
Direção – Peter Billingsley
Elenco – Vince Vaughn, Jason Bateman, Jon Favreau, Faizon Love, Malin Akerman, Kristen Bell, Kristin Davis, Jean Reno, Kali Hawk, Tasha Smith, Carlos Ponce, Peter Serafinowicz, Temuera Morrison.

Um insuportável casal em crise (Jason Bateman e Kristen Bell) resolve passar alguns dias num spa com direito a terapia conjugal, mas precisam que outros três casais amigos se juntem a eles para pagarem apenas metade do preço. Depois de algumas pequenas discussões, os outros casais aceitam o convite ao conhecer por fotos o local que parece um paraíso, porém eles não sabem que a terapia conjugal é obrigatória. 

Infelizmente este filme é um exemplo de como desperdiçar história e elenco numa comédia totalmente sem graça. O diretor Peter Billingsley (que foi ator de comédias quando garoto nos anos oitenta) fica em cima do muro e não decide se quer fazer comédia ou romance, criando cenas bobas e previsíveis, com personagens que são esteriótipos. Temos o infiel, a certinha, o divorciado e inclusive o afetado guru que ministra o curso para os casais interpretando por Jean Reno, tudo isso resultando ainda num final moralista.  



5 comentários:

Silvia Freitas disse...

achei o filme Separados pelo Casamento algo perto do real, das babaquices e vingancinhas tolas que uma pessoa é capaz de fazer só por birra, e depois dá no que deu. Já Encontro de Casais achei muito bestinha, sem atrativos, anão ser o maravilhoso lugar onde se passou a história.

alan raspante. disse...

Assisti "Separados pelo casamento" e esperava beem mais do filme, mas é bacaninha, aprendi a gostar da aniston =)
"encontro de casais" ainda não vi, e pra falar a verdade nem tenho vontade...
Abs.

Jenifer Torres disse...

Encontro de Casais é uma tolice só. Eta coisinha ruim!
Abraços.

Hugo disse...

Silvia - Concordo, apesar de não ser grande coisa, "Separados pelo Casamento" está mais próximo da realidade.

Alan - Jennifer Aniston além de bonita é um atriz interessante, que mesmo não sendo ótima tem charme e sempre cumpre bem seus papéis.

Jenifer - É um exemplo de comédia sem graça alguma.

Abraço a todos

renatocinema disse...

Comédia romântica, as vezes, faz bem. Mas Separados pelo Casamento foi, sem dúvida, uma decepção.