quarta-feira, 10 de março de 2010

Os Garotos Perdidos - O Adeus a Corey Haim

Os Garotos Perdidos (The Lost Boys, EUA, 1987) – Nota 8
Direção – Joel Schumacher
Elenco – Jason Patrick, Corey Haim, Jami Gertz, Dianne Wiest, Corey Feldman, Kiefer Sutherland, Barnard Hughes, Edward Herrmann, Jamison Newlander, Casey Siemazko, Alex Winter.

Os irmãos Michael (Jason Patrick) e Sam (Corey Haim) se mudam para a cidade costeira de Santa Clara na Califórnia com a mãe Lucy (Dianne Wiest) e cada um tenta se ajustar ao local a sua maneira. O mais velho Michael se envolve com a misteriosa Star (Jami Getz), que namora o sinistro David (Kiefer Sutherland) líder de uma perigosa gangue. Enquanto isso o caçula Sam faz amizade com dois outros garotos, os fanáticos por terror Edgar e Alan (Corey Feldman e Jamison Newlander) que acreditam que a cidade está infestada de vampiros, o que se mostrará verdadeiro rapidamente.

Este ótimo filme adolescente de terror é um dos clássicos do gênero dos anos oitenta e diverte com qualidade, além de ter no elenco os astros Jason Patric e Kiefer Sutherland ainda bem jovens e a dupla de Coreys, Haim e Feldman. Por sinal Corey Haim é o motivo desta postagem.

Hoje eu estava em dúvida sobre quem escrever. Tinha como opções duas pessoas que fazem aniversário nesta data, o brutamontes Chuck Norris que completa setenta anos e mesmo não sendo um bom ator, merece algum destaque e a outra pessoa é a bela Sharon Stone, mas fiquei triste quando me deparei com a notícia da morte de Corey Haim. A nova geração pode não conhecer o ator, mas nos anos oitenta ele fez alguns vários de sucesso, alguns em parceria com Corey Feldman, mas juntos foram da fama ao abismo, pois se envolveram com drogas e viram as carreiras afundar em meados dos anos noventa.

Os dois fizeram sucesso juntos neste filme e em "Sem Licença para Dirigir", mas sozinho Feldman teve uma carreira ainda melhor, com filmes como "Os Goonies", "Gremlins" e "Conta Comigo", enquanto Haim fez "A Máquina dos Sonhos" e "A Inocência do Primeiro Amor". Juntos também deram a impressão de terem superado o vício, e de alguns anos para cá voltaram ao cinema em filmes menores, tentando recuperar a carreira, mas ao que parece Haim não conseguiu se livrar totalmente do problema. Um desperdício de talento e uma grande perda de vida.

3 comentários:

Airton disse...

cara se acredita que eu nunca vi esse ator ae
haushaus

post novo no blog passa la

Hugo disse...

Airton - Ele foi famoso nos anos oitenta.

abraço

valéria disse...

Corey Haim, um dos melhores atores da década de 80.
Já assisti vários filmes com ela.
Realmente é uma pena ter ido tão jovem.