quarta-feira, 17 de março de 2010

O Mágico de Oz

O Mágico de Oz (The Wizard of Oz, EUA, 1939) – Nota 9
Direção – Victor Fleming
Elenco – Judy Garland, Ray Bolger, Bert Lahr, Jack Haley, Frank Morgan, Billie Burke.

A pequena Dorothy (Judy Garland) vive numa fazenda no interior de Kansas, até que um tornado leva a garota, seu pequeno cão e sua casa para o Mundo de Oz. Neste local mágico ela terá de enfrentar a Bruxa Má do Oeste e com ajuda de um espantalho (Ray Bolger), um leão covarde (Bert Lahr) e o homem de lata (Jack Haley), irá atravessar a estrada dos tijolos amarelos para chegar a cidade da esmeralda e encontrar o Mágico de Oz (Frank Morgan), a única pessoa que pode ajudá-la a voltar para casa.

Clássico absoluto baseado num famoso livro Frank L. Baum, o longa foi feito num dos anos mais férteis da história do cinema, onde marcou época junto com produções como “O Morro dos Vento Uivantes”, “Gunga Din” e “E O Vento Levou” também dirigido por Victor Fleming, com um detalhe, tanto naquele clássico como aqui, outros diretores participaram das filmagens. Aqui consta que Richard Thorpe, George Cukor e King Vidor filmaram partes do longa.

As cenas originiais do início e do final do filme passadas no Kansas são em preto e branco, já o restante das cenas na Terra de Oz foram filmadas em technicolor.

Como curiosidade, existe a lenda de que ouvindo o clássico disco “The Wall” do Pink Floyd e assistindo ao filme “O Mágico de Oz”, as letras das músicas e a história do longa se encaixam perfeitamente. Não posso confirmar pois não fiz o teste, mas para quem tem curiosidade é um dica.

11 comentários:

Nekas disse...

Clássico!
:)

Abraço
Cinema as my World

Kahlil Affonso disse...

Se fosse lançado hoje ainda seria aclamado pela crítica e um imenso sucesso. 'O Mágico de OZ' é atemporal e ficará na história pára sempre!

Seria interessante se em alguma edição em DVD do filme viesse como extra a opção de assistir ao filme mixado com o disco do Pink Floyd. Na internet vc encontra algumas mixagens amadoras, porém bem feitas, que misturam o filme com o disco.

http://cinemaemdvd.blogspot.com/

Amanda Aouad disse...

Clássico, mesmo, não sabia dessa lenda do Pink Floyd, deu curiosidade para conferir como é.

Ciro Hamen disse...

Adoro esse filme. Um clássico absoluto!

Abraços!

thicarvalho disse...

òtimo filme, realmente um clássico do cinema. A ideia de começar o filme em preto e branco e migrar para o colorido foi realmente sensacional. Grande trabalho q, ainda hoje, não perdeu o seu charme e encantamento.

Visitem
www.cinemaniac2008.blogspot.com

Hugo disse...

Nekas - Clássico mesmo.

Kahlil - Este dvd que vc imagina será interessante e com certeza venderia muito.

Amanda - Não sei quem foi o maluco que descobriu isso.

Ciro - O filme tem muitos fãs até hoje.

Thiago - Foi um forma extremamente inteligente de mostrar a mudança de local, algo semelhante com que Tim Burton faz em seus filmes.

Abraço a todos

Roberto F. A. Simões disse...

'O Feiticeiro de Oz' é pura magia musical, belíssimo em cada cena, inspirador em cada mensagem.

5/5 Excelente!

Cumps.
Roberto Simões
» CINEROAD - A Estrada do Cinema «

Hugo disse...

Roberto - Um destes clássicos que não perdem a força.

Abraço

O Cara da Locadora disse...

Pára tudo, se vocês gostam de Mágico de Oz não percam a história com o Dark Side of the Moon do Pink Floyd, é realmente algo sensacional...

Hugo disse...

Nespoli - Ainda não tive esta experiência.

Abraço

Silvia Freitas disse...

O filme é bem diferente sim, eu achei legal. Principalmente pq não é situado nos EUA, o que geralmente acontece com esses tipos de filmes onde o "mundo" está sendo atacado.