quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

O Terminal

O Terminal (The Terminal, EUA, 2004) – Nota 7,5
Direção – Steven Spielberg
Elenco – Tom Hanks, Catherine Zeta Jones, Stanley Tucci, Chi McBride, Diego Luna, Barry Shabaka Henley, Kumar Pallana, Zoe Saldana, Jude Ciccolella, Guillermo Diaz, Michael Nouri.

Viktor Navosrki (Tom Hanks) está em pleno vôo entre seus país natal, a fictícia Krakhozia e os EUA, quando um golpe de estado derruba o presidente de seu país e os EUA não mais o reconhecem como nação. O problema toma proporções estúpidas, pois Viktor não pode voltar para seu país que está fechado e não pode entrar nos EUA em virtude de seu passaporte não poder ser aceito. Sem falar inglês e detido no aeroporto, ele utiliza sua inteligência e habilidade para tranformar o aeroporto em sua casa, enquanto o diretor do local (Stanley Tucci) tenta fazer de tudo para que ele quebre alguma lei e dê motivos para ser preso.

Não é dos melhores filmes de Spielberg, mas é uma comédia leve que mexe num tema político e na burocracia de modo engraçado e irônico, com Tom Hanks se divertindo e fazendo um estranho sotaque que lembra alguma língua do leste europeu.

O filme é levemente baseado na história de um sujeito que morou por vários meses no aeroporto de Paris em virtude de não ter como pagar a passagem de volta para seu país.

5 comentários:

Amanda Aouad disse...

Está aí um filme que eu gostei, mas nem sei por que. Talvez a interpretação de Tom Hanks, ou pelo clima que se forma dentro do aeroporto com amigos e namorada. O mais engraçado é o motivo pelo qual ele queria tanto entrar nos Estados Unidos.

abraços

Hugo disse...

Amanda - É um filme extremamente simpático e o motivo da viagem é bem interessante tb.

Abraço

Nekas disse...

Até nem acho o filme mau de todo...

É verdade que tem um ritmo lento e, pro vezes, desajeitado, mas sempre gostei de o ver...

Abraço
http://nekascw.blogspot.com/

Wally disse...

É uma obra menor de Spielberg - mas gosto tanto... Hanks é brilhante.

Nota 8,0

Red Dust disse...

É giro aquele ambiente do aeroporto. Não é um super filme, mas o Hanks é sempre um bom motivo para o querer ver. Fiquei um pouco desapontado com a prestação da Catherine.

Abraço.