sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Os Implacáveis

Os Implacáveis (The Gateway, EUA, 1972) – Nota 8
Direção – Sam Peckinpah
Elenco – Steve McQueen, Ali McGraw, Ben Johnson, Sally Struthers, Al Lettieri, Slim Pickens, Dub Taylor, Bo Hopkins.

O ladrão Carter “Doc” McCoy (Steve McQueen) está cumprindo pena e tentando sair em liberdade condicional, com isso pede a sua mulher (Ali McGraw) para procurar um dos membros da junta de apelação, Jack Benyon (Ben Johnson), sujeito corrupto, e dizer a ele que pagará qualquer preço por sua liberdade. Carter consegue a liberdade e terá de pagar a dívida participando de um assalto a banco com dois outros sujeitos indicados por Benyon (Al Lettieri e Bo Hopkins), porém as coisas não saem como o bando imagina e Carter e a esposa acabam tentando fugir para o México com o dinheiro do roubo.

O grande diretor Sam Peckinpah praticamente revolucionou as cenas de violência no cinema, filmando muitas delas em câmera lenta, como no clássico “Meu Ódio Será Sua Herança” e aqui tem a ajuda do bom roteiro do também diretor Walter Hill (“Warriors – Os Selvagens da Noite”) baseado num livro de Jim Thompson, que mistura com qualidade drama e ação.

O longa tem duas curiosidades: A primeira é a cena em que o personagem de Steve McQueen desfere um violento tapa na cara de Ali McGraw (sua esposa na vida real) assim que descobre o que ela fez para ajudar na sua libertação. E a segunda é a boa refilmagem feita pelo australiano Roger Donaldson em 1994, com Alec Baldwin e Kim Basinger nos papéis principais e que na época também eram casados na vida real.

4 comentários:

Paulo Roberto Montanaro disse...

Eu sempre quis saber como vc consegue acesso a todas essas obras que já não estão mais na mídia, ou mesmo na moda... hehehe

Outro que não vi, mas que se achar vou lembrar do texto.

Há braços
Paulo

Minerva Pop disse...

Grande lembrança! Parabéns!
Sam Peckinpah realmente ajudou a revolucionar a estética da violência no cinema.
Um de seus filmes está entre os meus preferidos. Falo de "Sob o Domínio do Medo", filmado em 1971 e que tem o Dustin Hoffman no papel principal.
"Os Implacáveis" também é ótimo e vale a pena ser visto.

Abraços
Sandro
http://minervapop.blogspot.com/

Kau Oliveira disse...

Não assisti, mas posso ser sincero? Acho Steve McQueen melhor atrás que na frente das câmeras. Seu último filme, Hunger, é impecável.

Abs!

Hugo disse...

Paulo Roberto - Já assisti muita coisa e tb estou na casa dos trinta anos há algum tempo...rs. Sempre fiz anotações sobre os filmes que assisti, além disso estou sempre caçando filmes antigos em lojas de DVD usados. E por último, passa a ser até uma indicação para quem gosta de filmes antigo e tem acesso a tv por assinatura. O canal TCM todos os dias passa pérolas esquecidas do cinema, inclusive este "Os Implacáveis" passou há umas duas semanas.

Sandro - A obra de Peckinpah influenciou vários diretores como John Woo e Quentin Tarantino. Este que vc cita "Sob o Domínio do Medo" tem uma cenas de violência sexual mais angustiantes do cinema, com a atriz Susan George. E tem ainda Dustin Hoffmann no papel do "herói", se é que o personagem dele pode ser chamado disso.

Kau - Desculpe corrigi-lo, mas este "Hunger" que vc cita foi dirigido por um homônimo do astro. O ator Steve McQueen faleceu em 1980 e fez sucesso anos 60 e 70.

Abraço