terça-feira, 4 de agosto de 2009

Arquivo X: Eu Quero Acreditar

Arquivo X: Eu Quero Acreditar (The X Files: I Want to Believe, EUA, 2008) – Nota 7
Direção – Chris Carter
Elenco – David Duchovny, Gillian Anderson, Amanda Peet, Billy Connolly, Xzibit, Mitch Pileggi, Callum Keith Rennie, Adam Godley, Nicki Aycox.

Depois do final do Arquivo X, os agentes Fox Mulder e Dana Scully (David Duchovny e Gillian Anderson) levam uma nova vida juntos. Ele enclausurado em casa querendo distância do FBI e ela trabalhando como médica, até que Scully é procurada pela agente Dakota Whitney (Amanda Peet), que investiga o sequestro de uma outra agente do FBI e precisa da ajuda de Mulder para descobrir se as visões que o padre Joseph Crissman (Billy Connolly) são verdadeiras a respeito do sequestro, porém com um detalhe: O padre vive em liberdade, mas já cumpriu pena por pedofilia.

Esta trama que foge do esquema “conspiração do governo” e tenta mostrar a vida da dupla Mulder e Scully após a saída do FBI e como eles reagiriam ao serem chamados para uma missão extra, o que torna interessante o longa.

No geral, o filme dirigido pelo criador da série Chris Carter é mais um episódio de longa duração e que pode ser visto tranquilamente e com clareza mesmo por quem não a acompanhava. Vale para rever o carisma da dupla e o clima de mistério da série.

4 comentários:

Thiago Paulo disse...

Acho que o filme valeu a pena só por trazer Mulder e Scully de volta, porque a história me decepcionou!

Abraço... Como foi as férias?! rs

Amanda disse...

Quase concordo com Thiago... Na verdade a história ficou em cima do muro, não continuou a série, não acrescentou, não serviu para matar saudades, pois ficou muito aquém do que a dupla já proporcionou. Eu não gostei, saí decepcionada do cinema, principalmente depois daquela cena final. A única coisa que valeu foi a piada com a foto de Bush.

•. Cℓєвєя! . - disse...

Acredita, que eu não consegui ver o final deste, porque a a porcaria do DVD travou!? Saco!

Red Dust disse...

Não gostei do primeiro filme. Provavelmente nem vou tentar ver este... :)

Abraço.