segunda-feira, 29 de junho de 2009

A Hora da Zona Morta

A Hora da Zona Morta (The Dead Zone, EUA, 1983) – Nota 8
Direção – David Cronenberg
Elenco – Christopher Walken, Brooke Adams, Herbert Lom, Martin Sheen, Tom Skerritt, Colleen Dewhurst, Anthony Zerbe, Nicholas Campbell.

O professor de literatura Johnny Smith (Christopher Walken) leva uma vida tranquila, com casamento marcado com Sarah (Brooke Adams), porém um acidente de carro o deixa em coma por cinco anos. Quando ninguém mais espera ele acorda e encontra tudo modificado ao seu redor, seu emprego não existe mais e sua noiva se casou com outro homem, mas a grande mudança acontece nele mesmo. Em algumas situações após tocar uma pessoa ele tem visões do futuro e a princípio ficando assustado com o novo dom e depois em dúvida se deve ou não intervir com os acontecimentos do futuro, ele enfrentará um grande dilema após apertar a mão de um candidato a presidência (Martin Sheen) e ver que este homem será eleito e dará início a uma guerra nuclear.

Uma das melhores adaptações de Stephen King para o cinema, esta história deixa o terror explícito de lado e foca na assustadora premissa do que seria uma pessoa prever uma guerra que poderia acabar com o mundo e não saber como alterar este destino.

Os pontos altos são a ótima direção de Cronenberg, que nos entrega um suspense muito bem elaborado e a interpretação de Christopher Walken, que passa todo o pesadelo de alguém que teve um segunda chance na vida, mas que descobre ter perdido tudo o que era importante e ainda ser uma ferramenta para tentar salvar o mundo de uma tragédia.

A história gerou um série que foi ao quase vinte depois do filme e teve seis temporadas entre 2002 e 2007, com Anthony Michael Hall no papel principal.

5 comentários:

•. Cℓєвєя! . - disse...

Esse é um dos filmes do David, que mais gostaria de ver ... Estou a procura!

Paulo [ALT] disse...

eu tenho na minha mini biblioteca aki uma parte só com livros do Stephen King e esse eh um dos q eu tenho q ainda falta ler. sabia da série mas seu post me fez ficar bem curioso por esse filme.
depois que ler ctza... vou a procura dele agora q eu sei q existe.
mto bom
abraço
teh mais

Thiago Paulo disse...

Hugo, não conhecia e nem sabia que A Hora da Zona Morta tinha um filme, ainda mais dirigido pelo David... Só sabia da existencia da série, que aliás, tenho vonta de ver.

Vou ver se encontro este ai... Deve ser muito bom mesmo!

Abraços!

Paulo Roberto Montanaro disse...

Cronenberg como sempre dá um show! Um diretor seco, com imagens cruas e fortes. Esse filme eu não vi, mas já estou colocando no topo da listinha.

Como sempre, dando ótimas indicações Hugo! Parabéns!

Há braços
Paulo

Hugo disse...

Cléber - Se encontrar, assista.

Paulo - Stephen King é um dos escritores que mais adaptações tiveram para o cinema. Acredito que ainda vivo é o escritor mais filmado.

Thiago - Pode procurar que o filme é bom.

Paulo Roberto - Estou sempre procurando fugir da maioria e escrevendo sobre filmes diferentes.
Agora Cronenberg tem um carreira que merece ser vista de ponta a ponta.

Abraço