quarta-feira, 24 de junho de 2009

A Honra do Poderoso Prizzi

A Honra do Poderoso Prizzi (Prizzi’s Honor, EUA, 1985) – Nota 7,5
Direção – John Huston
Elenco – Jack Nicholson, Kathleen Turner, Anjelica Huston, Robert Loggia, William Hickey, John Randolph, CCH Pounder, Lee Richardson, Michael Lombard, Lawrence Tierney, Dick O’Neill.

O matador Charley Partanna (Jack Nicholson) é homem de confiança da família de mafiosos Prizzi, sendo ela comandada pelo idoso Don Corrado (William Hickey), mas na realidade tendo a frente seu filho Eduardo (Robert Loggia), este que por sinal contrata outra matadora de aluguel, Irene (Kathleen Turner) para apagar um integrante da família que é suspeito de estar desviando dinheiro, porém ao mesmo tempo em que a matadora e Charley se apaixonam, o serviço acaba dando errado e coloca a família de mafiosos e a polícia atrás do casal.

O resultado final é agradável, com uma boa química entre o casal Nicholson e Kathleen Turner, ela que estava no auge da fama e da beleza e a boa direção de John Huston, sendo este é seu penúltimo trabalho e aqui conseguindo ajudar sua filha Anjelica a ganhar o Oscar de Atriz Coadjuvante, se tornando um feito para a família Huston, pois John já havia conseguido vencer os Oscar de Direção e Roteiro pelo clássico “O Tesouro de Sierra Madre” e neste mesmo longa feito em 1948, seu pai Walter Huston ganhou também o Oscar de Ator Coadjuvante.

5 comentários:

Airton disse...

nossaaa
boa pedida cara
estou procurando filmes de mafia q nao tenha visto hehehe

de uma chegada no blog
abraço

Red Dust disse...

Não tão forte como outros filmes sobre mafiosos, mas consegue, ainda assim, ser interessante. E quando se vê Kathleen Turner como actriz nesta fase, pergunto-me como é que foi possível a sua carreira implodir. Que pena...

Abraço.

Paulo Roberto Montanaro disse...

Concordo com o Red Dust! Kathleen Turner está em ótima forma física e dramática. Está muito bem no papel. Nem precisa falar de "Jack" porque é chover no molhado. Um bom filme de máfia, fugindo um pouco da atmosfera de O Poderoso Chefão, iningualável, e por isso mesmo acaba sendo plagiado por uma pá de outros filmes ruins. "A Honra do Poderoso Prizzi" aborda o tema de uma outra forma, trazendo mais interesse por esse universo.

Há braços

Paulo [ALT] disse...

com ctza este eh um dos filmes q eu assistiria
odiava coisas assim mas faz um tempo jah aprendi a apreciar..
ainda mais com o jack
abraço

Hugo disse...

Airton - Este é um filme um pouco esquecido, mas é de boa qualidade.

Red - Ver Kathleen Turner hoje é uma tristeza. Ela parece ter perdido o talento junto com a beleza.

Paulo Roberto - É um abordagem diferente, feita por um diretor que fez uma grande carreira.

Paulo - O tema "máfia" é um dos mais usados na história do cinema e gerou grandes clássicos, além de bons filmes como este.

Abraço