quinta-feira, 7 de maio de 2009

Quem Quer Ser um Milionário?

Quem Quer Ser um Milionário? (Slumdog Milionaire, EUA / Inglaterra, 2008) – Nota 9
Direção – Danny Boyle
Elenco – Dev Patel, Freida Pinto, Madhur Mittal, Irrfan Khan, Anil Kapoor.

O grande vencedor do Oscar de 2009 tem todos os ingredientes para agradar ao público. Esta mistura de aventura, drama, violência e denúncia social, tem na verdade como tema principal, uma bela história de amor.

Logo no início somos apresentados ao jovem Jamil Malik (Dev Patel) que está sendo torturado por policiais acusado de ter trapaceado no famoso programa “Quem Quer Ser um Milionário?”, porém em seguida saberemos como aquele garoto conseguiu sair das ruas onde passou toda a infância e chegou para participar do programa, pois ele contará toda a sua vida para o duro inspetor de polícia (Irrfan Khan de “O Preço da Coragem”).

A trajetória do garoto Jamil, de seu irmão Salim (Madhur Mittal) e da garota Latika (Freida Pinto) se inicia ainda criança, quando eles que tem origem muçulmana testemunham sua mãe ser assassinada por hindus e passam a viver na rua, onde enfrentarão uma verdadeira saga para sobreviver, sendo que cada um trilhará um caminho diferente mas que se cruzarão anos depois, sempre pela fé e a obstinação de Jamil.

O filme é muito bom tecnicamente e tem grande força no roteiro bem amarrado, que mostra a triste vida de grande parte da população indiana que é pobre e toda a transformação do país nos últimos anos, que apesar do crescimento econônimo, continua a ser um local de desigualdades e injustiças.

É obrigatório destacar a atuação de todo o elenco, principalmente do ator principal Dev Patel, que passa toda a força de vontade que o personagem precisa ter e a esperteza de quem cresceu nas ruas, mas preferiu ser o caminho correto, além disso os três personagens principais são interpretados cada um por três atores/atrizes diferentes nas três fases do filme e sempre com qualidade. Não podemos esquecer também do ator Anil Kapoor, que interpreta o canastrão apresentador do programa que dá título ao filme e mostra toda a inveja e preconceito para com o humilde jovem.

Este é um daqueles filmes que prendem nossa atenção por duas horas e deixam um sentimento de otimismo no coração, apesar do mundo maluco e injusto em que vivemos.

8 comentários:

Ciro Hamen disse...

O filme é bom e bem feito. Mas me incomodou esse negócio de tudo girar em torno do dinheiro. Fica parecendo bobo.

Abraços!

Fifeco disse...

Confesso que a minha nota não passa do 8. É um bom filme de facto mas creio que existe um hype demasiado grande face à obra de Boyle. E a verdade é que nunca mereceria ficar na história por receber oito Oscars. Simplesmente não merecia. Não quando tinha concorrentes como Curious Case, Milk ou Frost Nixon.

Abraço

Gema disse...

Um filme que quero muito ver.
Bjs

Airton disse...

falaa caraa
esse filme eh nota 8 pra mim
mto bom

http://www.publicandobr.blogspot.com/

Wally disse...

Adorei este filme. É um ode à vida, ao amor e à força do destino. Tudo muito bem feito, atuado e construído. Obra-prima.

Nota 9.5

Ciao!

Pedro Henrique disse...

Poderia ter ganho mais um Oscar ainda, pra empatar com O Paciente Inglês (esse sim uma grande bobagem).

Abraço!

Louis Vidovix disse...

Lindo, lindo, lindo. Top 5 do ano com todas as justiças! Não sei porque tem gente que insiste nesse backlash.

Abraço!

Hugo disse...

Ciro - Eu penso que a história fala também de esperança, luta e principalmente amor. A questão do dinheiro é apenas parte do filme.

Fifeco - Ainda não assisto os outros filmes citados, por isso não posso opinar ser a premiação foi justa.

Gema - Assista, tenho certeza absoluta que irá gostar.

Airton - Ótimo filme.

Wally - Você escreveu tudo.

Pedro - São filme bem diferentes, "O Paciente Inglês" tem seu valor, mas tb gostei mais do filme de Danny boyle.

Louis - Dos que eu assisti ultimamemte, está entre os melhores.

Abraço