sábado, 30 de maio de 2009

Cartas de Iwo Jima

Cartas de Iwo Jima (Letters from Iwo Jima, EUA, 2006) – Nota 8,5
Direção – Clint Eastwood
Elenco – Ken Watanabe, Kazunari Ninomiya, Tsuyoshi Ihara, Ryo Kase, Shidou Nakamura, Hiroshi Watanabe.

A versão do lado japonês para a Batalha de Iwo Jima é contada com maestria pelo grande Clint Eastwood, que coloca como personagem principal o General Kuribayashi (Ken Watanabe) que chega na ilha um pouco antes da chegada do exército americano, sendo praticamente enganado pelos superiores que já sabiam que seria um batalha perdida, encontrando soldados esgotados, com fome e muitos doentes em virtude da péssima água do local. Mesmo assim o General tenta fazer com que seus soldados lutem com honra até o final, porém sendo contra os ataques suicidas, o que o faz entrar em conflito com alguns de seus subordinados.

O filme acompanha também a saga do soldado Saigo (Kazunari Ninomiya), um padeiro que foi forçado a ir para guerra e deixou a esposa grávida no Japão. Sendo ele um homem de paz, não aceita o massacre que está por vir e muito menos vê alguma honra em morrer pelo país, o que ele quer na verdade e tem coragem de lutar é para viver.

O resultado é um grande drama de guerra, com ótimas atuações de Watanabe e Ninomiya, além das competentes cenas de batalha e a história que tenta mostrar a estupidez da guerra e principalmente desta batalha por um ilha em que nem mesmo a água servia para beber.

10 comentários:

Pedro Henrique disse...

Melhor que A Conquista da Honra, mas não vejo muito nesse filme.

nitzombies disse...

excelente filme. a ideia do clint de fazer dois filmes sobre o mesmo assunto, mas usando dois pontos de vista diferentes.

conquista da honra é mais centrado nas batalhas, já iwo jimma é mais intimista.

daria um 9... provavelmente!

Abraço

altieres bruno machado junior disse...

Olá

É um filme muito bom, conta uma versão diferente de uma parte da guerra. É complicado distinguir os mocinhos dos bandidos, depende de qual lado da guerra você está. Concordo com o Pedro Henrique, Este é melhor que a Conquista da Honra.

Até mais...

Airton disse...

filmao melhor q a versao americana da historia hehe
hj postei sobre clint no blog tbm
abraço

Hugo disse...

Pedro - Achei um filmaço.
Ainda não assisti "A Conquista da Honra".

Nitzombies - Toda guerra tem os dois lados, heróis e vilões muitas vezes se confundem.

Altieres e Airton - Ainda vou conferir a versão do lado americano.

Kátia Lopes disse...

Ainda não vi esse filme, mas ouvi dizer que é melhor que a conquista da honra. estou doida para ver os dois e ter minha propria opinião. Agradeço pela visita no Cinema na Lata.

www.cinemanalata.blogspot.com

Hugo disse...

Kátia - Tb ainda não assisti "A Conquista da Honra" para fazer uma comparação.

Ciro Hamen disse...

Um filme maravilhoso. Clint Eastwood fazendo o seu filme Kurosawa.

Abraços!

Fifeco disse...

Dou 9 ao filme. É um trabalho absolutamente brilhante do Clint. Mais um para não variar.

A visão da guerra é, em tudo, assustadora.

Abraço

Wally disse...

Belíssimo filme de Eastwood. Terno, sutil e simplesmente muito bonito. Direção sensacional.

Nota 9.5

Ciao!