sábado, 17 de janeiro de 2009

A Ilha

A Iha (The Island, EUA, 2005) – Nota 7,5
Direção – Michael Bay
Elenco – Ewan McGregor, Scarlett Johansson, Djimon Hounsou, Sean Bean, Steve Buscemi, Michael Clark Duncan, Ethan Phillips, Brian Stepanek.


Num futuro próximo a sociedade foi destruída em virtude de uma contaminação e os sobreviventes vivem em uma espécie de cidade fechada, onde todos usam roupas idênticas, devem ser seguir as regras e não se aproximar demais das pessoas do sexo oposto, além disso é feito uma loteria diária onde o ganhador é levado para um ilha como prêmio.

Nesse clima é que surge um flerte entre Lincoln Six Echo (Ewan McGregor) e Jordan Two Delta (Scarlett Johansson), porém a desconfiança e os questionamentos de Lincoln fazem ele descobrir que o prêmio do vitorioso da loteria não é tão bom assim e quando Jordan é a próxima ganhadora, ele resolver fugir com ela, sendo perseguido pelos homens do Dr. Merrick (Sean Bean fazendo o vilão pela enésima vez na carreira) que comanda o local.

O diretor Michael Bay especialista em filmes barulhentos e acelerados, tende sempre a exagerar nas seqüências de ação e nos milhões de cortes de câmera que costuma utilizar, mas aqui ele está mais contido, criando ótimas seqüências de perseguição e com a câmera um pouco mais calma, além de manter o ótimo nível na parte técnica (efeitos especiais, som, etc).

Ajuda ainda no resultado final a boa dupla de protagonistas e a pequena e sempre engraçada participação de Steve Buscemi, que parece repetir o mesmo personagem em todos os filmes, mas sempre com competência e carisma.

9 comentários:

O Cara da Locadora disse...

Esperava menos, por isso não achei tão ruim... Só muito longo...

Wally disse...

Ao contrário de muitos, admirei muito este filme. Um dos meus grandes guilty pleasures. Dou a mesma nota.

Ciao!

Red Dust disse...

Uma desilusão, Hugo. O potencial da história foi mal aproveitado e do elenco nem se fala...

5/10.

Abraço.

Sérgio Déda disse...

Eu até que gostei um pouco, embora hoje em dia deteste o Michael Bay.

Abraços!

Hugo disse...

Cara da Locadora - Tive a mesma impressão que você, melhor do que esperava, porém um pouco longo.

Wally - Até que o resultado ficou legal.

Red - A história é interessante, mas pensei como o Cara da Locadora, esperava pouco do filme e acabei gostando.

Sérgio - Michael Bay tem potencial, mas exagera demais em seus filmes, este pelo menos é mais sóbrio que a maioria de suas obras.

Abraço

Kau Oliveira disse...

Cara, eu achei este filme maravilhoso! Mostra ciência de uma forma incrível!!!!

Abraços!

Miguel disse...

eu gostei muito da premissa do filme... muito interessante!
apenas tive pena que tivesse havido um tão grande contraste da pacatez da sua vida no asilo para o momento em que vão para a vida propriamente dita... tinha sido proveitoso que o filme fosse sempre criado com uma visão filosófica, talvez com um outro realizador o resultado tivesse sido melhor...
Continuação de um bom trabalho

Hugo disse...

Kau - Para quem gosta de ciência a história fica mais interessante.

Miguel - A primeira parte mais calma é bem diferente do estilo de Michael Bay, seria difícil ele manter aquela forma até o final.
O negócio dele é ação.

Abraço

Pedro Henrique disse...

Cara, esse é um dos piores filmes que eu já vi. Mesmo que tenha uma atriz tão linda...

Abraço!