quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Escândalo, Pavor e Chamas & Joelma 23º Andar

Escândalo, Pavor e Chamas (The Triangle Factory Fire Scandal, EUA, 1979) – Nota 6,5
Direção – Mel Stuart
Elenco – Tovah Feldshuh, David Dukes, Lauren Front, Janet Margolin, Stacey Melkin, Ted Wass, Stephanie Zimbalist.

Joelma, 23º Andar (Brasil, 1980) – Nota 5
Direção – Clery Cunha
Elenco – Beth Goulart, Liana Duval, Carlos Marques, Ed Carlos, Marly de Fátima, Jesse James.

Estes dois filmes foram baseados em incêndios ocorridos em épocas bem distintas, o primeiro no início do século XX nos EUA e o segundo na década de setenta em São Paulo capital, tendo as duas tragédias deixado um grande saldo de vítimas e marcas tão fortes que fizeram cada um em seu tempo que os governantes tomassem atitudes para melhorar a segurança em locais de trabalho e edíficios.

Este "Escândalo, Pavor e Chamas" é um interessante drama feito para a TV, baseado na história real de um incêndio numa tecelagem em Nova Iorque em 1911 que matou mais de uma centena de trabalhadoras. O filme é contada a partir de um dia antes da tragédia, mostrando a vida de quatro mulheres que trabalham no local.

O filme não loi lançado em DVD e por ser tão pouco conhecido sequer consegui localizar o cartaz para postar. Assisti este filme há alguns anos, em virtude dele ter passado por diversas vezes na TV aberta.

Baseado no livro “Somos Seis” psicografado por Chico Xavier, "Joelma 23º Andar" foi o primeiro filme com tema espírita feito no Brasil, que utiliza o incêndio real do Edíficio Joelma em São Paulo no início da década de setenta como ponto principal. A história tem Lucimar (Beth Goulart) e seu irmão Alfredo (Carlos Marques) como funcionários de um escritório no edíficio, porém quando o incêndio acontece apenas Alfredo sobrevive. Como resultado a mãe dos dois, Lucinda (Liana Duval), não aceita a morte da filha e vai procurar o médium Chico Xavier, no papel dele mesmo, para tentar entrar em contato com o espírito da jovem. Como curiosidade, é o único filme feito sobre a tragédia e vale ser assistido para quem quer saber mais sobre ocorrido e sobre a doutrina espírita.

4 comentários:

Wally disse...

Não conheço nenhum deles. Mas pelos comentários, parecem ser descartáveis...

Ciao!

Pedro Henrique disse...

Não vi nenhum, mas parece que ambos são chatinhos...!!!

Abraço.

Kau disse...

Vc tem o dom de assistir filmes dos quais nunca ouvi falar, hahahahahahaha.

Abraços!

Hugo disse...

Wally e Pedro - O filme americano é assistivel, uma razoável produção para TV.

Kau - Quando você tiver mais idade tb vai passar por isso com os mais novos...rs

Abraço