quinta-feira, 16 de outubro de 2008

Um Dia de Cão

Filme Assistido nº 144
Um Dia de Cão (Dog Day Afternoon, EUA, 1975) – Nota 10
Direção – Sidney Lumet
Elenco – Al Pacino, John Cazale, Charles Durning, Chris Sarandon, James Broderick, Carol Kane, Lance Henriksen.

Baseado em uma história real, dois assaltantes (Al Pacino e John Cazale) invadem um banco logo que ele é aberto planejando uma ação rápida, porém um terceiro assaltante que estava com eles desiste no meio do trabalho, deixando os dois bandidos perdidos, dando chance para que a polícia seja chamada. Sem saber o que fazer eles improvisadamente utilizam funcionários e clientes como reféns, inciando um drama que irá durar um dia inteiro. No desenrolar do dia as exigências do personagem de Pacino e suas idéias explosivas são ouvidas pelos curiosos em volta do banco e junto com a baixa popularidade da polícia americana na época, em virtude do massacre no presídio de Atica (fato parecido com o que aconteceu no Carandiru) fazem a população aplaudir o bandido e transforma-lo quase num herói.

Roteiro inteligente filmado com maestria por Lumet, alternando momentos extremamente tensos com cenas engraçadas, principalmente na hora em que é revelado o motivo do assalto, culminam num final trágico e fazem desta produção um dos maiores filmes policiais da história.

12 comentários:

Wally disse...

Muito bom! A cena do "Attica! Attica!" nasceu clássica de tão maravilhosa. Pacino, sem palavras. Grande filme.

Nota 8,5

Ciao!

Pedro Henrique disse...

Lumet nunca errava nesta época e hoje já está um bom tempo sem errar. Um Dia de Cão é um dos meus favoritos do diretor!

Red Dust disse...

Um filme extraordinário e de uma tensão constante e latente. Continuo a afirmar que foi naquela época que se concentraram as melhores interpretações de Al Pacino. Basta olhar para os títulos..

Abraço.

Rogerio disse...

eh muito legal o rumo que essa história toma. Queria ter visto o filme na epoca do lançamento, pra sacar a reaçao das pessoas com o lado "sensivel" do Pacino.

Kamila disse...

Ainda não assisti a este verdadeiro clássico do cinema, você acredita? Aliás, sou um zero à esquerda no que diz respeito à filmografia antiga do Sidney Lumet.

Bom final de semana!

Cecilia Barroso disse...

E um dos meus favoritos do Lumet. Al Pacino está maravilhoso.
Filme para ver e rever!

Beijocas

Kau disse...

Que coisa, não? Comprei esse filme semana passada! Acho excepcional. Desde o roteiro muito interessante,´passando pela extraordinária direção e desembocando no elenco que, pra mim, está mais que inspirado.

Abs.

Sérgio Déda disse...

Clássico e obra-prima de Lumet...
Pacino magistral e espetacular como sempre... aliás Serpico na mesma parceria deles dois tb eh excelente...

Estou de volta aos blogs pra valer....

vlws

Hugo disse...

Wally - Esta cena é uma daquelas inesquecíveis.

Pedro - Lumet tem um carreira de respeito.

Red - Os papéis de Pacino nos anos setenta foram os que solidificaram sua carreira.

Rogério - Não sei se vc conhece, mas Pacino fez tb "Parceiros da Noite" sobre um policial que se envolve no mundo gay para tentar prender um serial-killer.

Kamila - Tendo oportunidade procure assistir os filmes de Lumet, principalmente os mais antigos.

Cecília - Sem dúvida é um filme que merece ser visto mais de uma vez.

Kau - Vc acertou na compra.

Sérgio - Serpico tb é um grande filme e outra ótima interpretação de Pacino.

Fifeco disse...

É sem dúvida um excelente filme. Uma realização fabulosa e interpretações magistrais. No entanto, quanto a mim, falta-lhe algo mais para chegar à nota máxima.

Dou-lhe 8 em 10.

Abraço

Hugo disse...

Fifeco - Este é um dos filmes que entra minha lista de melhores de todos os tempos.

Abraço

cicero disse...

O melhor filme de Sidney Lumet.Excelente!